MENU

03/12/2021 às 10h38min - Atualizada em 09/12/2021 às 00h00min

Aumenta pressão do diesel sobre o custo do transporte de cargas, mas há espaço para melhorar o planejamento e a gestão das entregas, afirma especialista

Pressão do diesel interfere no custo do transporte de cargas

SALA DA NOTÍCIA Fernanda de Souza Martins
O óleo diesel é o principal item da planilha de custos do transporte de cargas, representando 35% do total (dados da CNT). Sua importância é ainda maior em 2021, com elevação de 64,75% do preço na bomba, entre janeiro de novembro. “Nesse cenário, qualquer centavo economizado por distribuidores, atacadistas e empresas de varejo na logística faz diferença”, afirma Emilio Saad Neto, CEO da Fusion DMS, empresa especializada no planejamento e gestão das entregas de cargas.

O software DMS, da Fusion, consegue reduzir em até 30% os custos da logística, a partir da redução de despesas nos vários processos, maior eficiência e acompanhamento das entregas em tempo real. “O DMS não só oferece redução dos custos operacionais, como melhoria do nível de serviço, pois roteiriza e otimiza o caminho das frotas, o que gera aumento da eficiência no trabalho”, explica Saad.

O sistema calcula a melhor distribuição entre os veículos, levando em consideração diversos fatores, como local de entrega, cubagem, peso, janelas de atendimento, restrições e prioridades. “Com esses dados, são montadas cargas de forma simultânea e sequência as entregas, além do cálculo de trajetos e dos horários de entregas, apresentando informações relevantes para tomada de decisão, inclusive como o custo previsto em relação ao valor da carga. Com isso, garantimos a utilização da capacidade plena dos caminhões em termos de peso e cubagem”, explica o CEO da Fusion DMS.

Como pontos de atenção adicionais, Emilio Saad Neto recomenda fazer a manutenção preventiva das frotas, treinar os motoristas adequadamente e respeitar a capacidade do caminhão. “Os custos estão em todos os elos da logística. Há muito espaço para melhorar os indicadores desse universo no Brasil com o uso de novas tecnologias”.

Com atuação nacional, a Fusion atende grandes atacadistas, distribuidores e empresas varejistas. Desde junho, a empresa faz parte da nstech, plataforma de serviços tecnológicos para logística. Em apenas 13 meses de atuação, a nstech já integrou 14 empresas de diversos segmentos, como gestão, gerenciamento de fisco, fintech e seguros, tornando-se a maior do setor na América Latina.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...