MENU

06/12/2021 às 19h23min - Atualizada em 06/12/2021 às 19h23min

Governo prevê mais de 2,5 mil atendimentos mensais na Policlínica de Imperatriz

Marcos Atahualpa - Secom
Secom/MA
Inauguração da Policlínica de Imperatriz - Fotos: Ilano Lima
 
Com capacidade para realizar cerca de 2,5 mil atendimentos por mês, a Policlínica de Imperatriz confirma o compromisso do Governo do Maranhão em oferecer serviços especializados para os municípios da Região Tocantina. O equipamento de saúde foi entregue no último sábado (4) e oferece à população exames de alta complexidade, como Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada, Densitometria Óssea e Mamografia.

“A policlínica é mais um passo que damos no fortalecimento do sistema de saúde na Região Tocantina. Com o novo equipamento, nós avançamos ao facilitar o acesso a consultas e exames, permitindo que pessoas de todas as idades recebam um atendimento de qualidade”, disse o governador Flávio Dino. 

A policlínica se une a outras unidades da rede estadual de saúde, que oferecem atendimento na Região Tocantina, como o Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto e o Hospital Regional Materno Infantil e a Policlínica de Açailândia, entregue em fevereiro deste ano pelo Governo do Estado.  

Com a Policlínica de Imperatriz, já são 12 unidades entregues pelo Governo do Estado desde o ano de 2019 em diversas localidades do Maranhão, ampliando a oferta de serviços de média complexidade e ambulatorial. Na policlínica a população passa a ter acesso a especialidades como Cardiologia, Endocrinologia, Psiquiatria, Gastroenterologia, Vascular, Urologia, Dermatologia, Oftalmologia, Ginecologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia e Neurologia. Na área de apoio e diagnóstico, estão sendo ofertados Exames Clínicos Laboratoriais, diagnóstico por Radiologia, Diagnóstico por Ultrassonografia com Doppler, Tomografia, Ressonância Magnética, Densitometria óssea, Mamografia, entre outros. 

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, os investimentos do governo na cidade acompanham as ações que vêm sendo implementadas nas demais regiões. “Com a policlínica, vamos poder oferecer consultas e exames para municípios da região inteira. Com isso, reforçamos o cuidado, a proteção da vida e ampliamos a atenção especializada, uma vez que funcionará juntamente com os hospitais regionais e macrorregionais que já possuímos”, disse. 

A diretora técnica da policlínica, Sandra Oliveira, afirmou que a proposta é garantir a oferta de exames complementares e consultas especializadas. “Com isso, iremos aumentar a nossa resolutividade à Atenção Básica, evitando que os pacientes se desloquem para as unidades hospitalares com demandas que podem ser solucionadas na Atenção Primária e Secundária”, explicou. 

A Policlínica de Imperatriz funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 12h. Para atendimento, os pacientes são encaminhados pela Unidade Regional de Saúde. A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) é responsável pela administração do equipamento. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...