MENU

19/11/2021 às 18h21min - Atualizada em 19/11/2021 às 18h21min

Acusado de matar mulheres em salão de beleza é transferido para São Luís

Wlisses Lucena foi preterido nos dois presídios de Imperatriz e chegou até a ser agredido por companheiros de cela

Dema de Oliveira
Wlisses Lucena é acusado de duplo assassinato - Foto: Arquivo/O PROGRESSO
 
Wlisses Lucena, que na última terça-feira (16) assassinou a tiros a ex-namorada Rayanne Moraes Matos, de 29 anos, a colega de trabalho dela, Iraildes, além de ferir de raspão na cabeça uma terceira mulher, foi transferido nesta sexta-feira (19) para São Luís. 

Segundo informações, Wlisses Lucena foi preterido pelos presos dos dois presídios de Imperatriz, tanto da Unidade Prisional de Imperatriz, no Parque do Buriti, como no Itamar Guará. Ele, inclusive, foi agredido por companheiros de cela, quando ficaram sabendo dos crimes que ele cometeu.
 
Diante do ocorrido, a direção da Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI) definiu por transferir Wlisses Lucena, até por uma questão de segurança. 

Sob escolta de policiais penitenciários, Wlisses Lucena foi transferido ontem para a capital maranhense, onde permanecerá até o julgamento. Não foi informado em qual presídio Wlisses Lucena se encontra na capital maranhense. 

Wlisses Lucena responde por crime de feminicídio, no caso da ex-namorada Rayane Moraes, homicídio, no caso de Iraildes, e tentativa de homicídio, no caso da terceira mulher que se encontrava no salão, e que seria uma diarista.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...