MENU

18/11/2021 às 19h16min - Atualizada em 18/11/2021 às 19h16min

Empresas maranhenses podem se inscrever para Fruit Amazon Business Meeting promovido pela FIEPA

A rodada internacional será em formato 100% on-line, e está sendo coordenada pelo CIN da FIEPA com colaboração do CIN do MA

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Frutas nativas da região amazônica, como a juçara e açaí serão tema da rodada de negócios - Foto: Divulgação
BELÉM – As empresas maranhenses e dos oito demais estados integrantes da Amazônia Legal com atuação no setor da fruticultura, têm até segunda (22/11) para se inscreverem gratuitamente para participar do Fruit Amazon Business Meeting, evento promovido pelo Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Estado do Pará e que conta com o apoio do CIN da FIEMA. 

O Fruit Amazon Business Meeting é uma rodada internacional de negócios, que tem a proposta de conectar empresas de toda a região amazônica a compradores internacionais do setor da indústria da fruticultura. 

A rodada internacional será em formato 100% on-line, e está sendo coordenada pelo CIN da Fiepa com colaboração de outros CINs da Amazônia Legal e realização da Apex-Brasil, Rede CIN, Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Sebrae, e conta com o apoio da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), e do Sindicato das Indústrias de Frutas e Derivados do Estado do Pará (Sindifrutas). 

Para o presidente em exercício do Sistema Fiepa, Marcos Marcelino de Oliveira, a rodada internacional busca fortalecer as exportações na Região Norte. “Uma iniciativa como esta é importante para os estados da Amazônia Legal, pois vai permitir a realização de negócios com outros países. E o nosso estado é sem dúvida um portal de entrada e saída das coisas boas que produzimos, então isso tem uma relevância muito grande para nossas empresas que sabem o que fazem e atuam com muita responsabilidade”, afirmou. 

“Com a pandemia tudo parou, mas com a questão do on-line, isso reinventou muita coisa. São nove estados e 772 municípios com 30 milhões de pessoas. Um evento desses vai dar oportunidade para pessoas que antes não poderiam participar, muitos lugares na Amazônia que não poderiam participar”, disse a diretora comercial do Frutali, Denise Martins Acosta, que produz açaí há mais de 20 anos. 

INCRIÇÕES - As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 22 de novembro pelo link  http://www.bit.ly/fruitamazon ou pelo site do Sistema FIEPA www.fiepa.org.br. As inscrições são gratuitas a empresas sindicalizadas do Sistema FIEPA, participantes do PEIEX ou indicadas pelo Sebrae no Pará. Demais empresas pagam taxa de R$ 200,00. Por uma iniciativa do CIN da FIEMA, as empresas do Maranhão também vão contar com inscrição gratuita. 

Ao todo serão selecionadas 30 empresas locais que poderão apresentar seus produtos a dez compradores internacionais de países que integram o eixo da América do Norte, União Europeia e Arco Norte, principais mercados com interesse em produtos do setor da indústria da fruticultura amazônica.
 
MA – Cinco empresas maranhenses que trabalham no setor de frutas já estão inscritas na rodada que acontece nos dias 1º e 3 de dezembro próximo.
  
“Nosso objetivo com essa divulgação é que mais empresas maranhenses participem dessa rodada on-line, o que só reforça o potencial do Maranhão no setor da indústria da fruticultura”, finaliza o coordenador do Centro Internacional de Negócios da FIEMA, Carlos Jorge Taborda. 

AÇAÍ – Entre as diversas frutas exclusivas da região amazônica, o açaí recebe grande destaque devido a sua boa aceitação global. E para a coordenadora do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Fiepa, Cassandra Lobato, as palmeiras de açaí garantem o sustento de milhares de famílias que trabalham de forma sustentável em grandes áreas. 

“Preservar as nossas florestas de açaí de forma sustentável garante que várias gerações de uma família tenham sustento. E com o crescimento das indústrias e suas tecnologias, atualmente podemos gerar renda até do caroço do fruto, que se reciclado de forma correta, se transforma em carvão vegetal e até mesmo em insumo para concreto”, explica Cassandra Lobato. 

Prevenção – Toda a programação do Fruit Amazon Business Meeting será virtual, a ação permite que possam participar empresas e potenciais investidores de qualquer local, além de seguir corretamente as limitações impostas pela pandemia de Covid-19. As diversas rodadas de negócios serão transmitidas através de uma plataforma exclusiva e vão durar em média 30 minutos. 
 
SERVIÇO 
As inscrições vão até o dia 22 de novembro e podem ser feitas por link,  acesse aqui. 

Também é possível se inscrever pelo site do Sistema Fiepa (www.fiepa.org.br). 

 As inscrições são gratuitas para empresas sindicalizadas do Sistema Fiepa, participantes do Peiex ou indicadas pelo Sebrae no Pará. Demais empresas pagam taxa de R$ 200,00. Por uma iniciativa do CIN da FIEMA, as empresas do Maranhão também vão contar com inscrição gratuita. 

 Ao todo, serão selecionadas 30 empresas locais que poderão apresentar seus produtos a 10 compradores internacionais de países que integram o eixo da América do Norte, União Europeia e Arco Norte, principais mercados com interesse em produtos do setor da indústria da fruticultura amazônica. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...