MENU

14/11/2021 às 22h40min - Atualizada em 14/11/2021 às 22h40min

Custodiados de São João Del Rei trabalham na limpeza e revitalização do centro histórico

Vinte presos já estão empenhados nas atividades, realizadas por meio de uma parceria do Depen com a Prefeitura. Nos próximos meses este número deve chegar a sessenta

Bernardo Carneiro
Ascom Sejusp/MG
Foto: Divulgação/Ascom Sejusp

  
A cidade de São João Del Rei, no Campo das Vertentes, conta com mais trabalhadores empenhados na preservação do patrimônio histórico. Agora são 20 detentos da unidade prisional do município que, no início de deste mês, começaram a trabalhar na manutenção das ruas do centro histórico da cidade. Inicialmente, o projeto realizado por meio de uma parceria entre o Departamento Penitenciário (Depen-MG) e a Prefeitura de São João Del Rei, conta com 20 presos, entretanto, a expectativa é que em pouco tempo o número chegue a 60.

Os detentos começaram a trabalhar na limpeza das margens do Córrego do Lenheiro, o qual atravessa a área central da cidade, próximo à Ponte do Rosário. Além de locais onde estão situados pontos turísticos, pela riqueza do patrimônio artístico e histórico, os detentos do regime semiaberto também realizarão atividades de manutenção em outras áreas da cidade. O projeto terá um ano de duração é poderá ser renovado por igual período.

Antes de começarem as atividades, eles participaram de uma reunião com o juiz da Vara Criminal e de Execuções Penais da Comarca de São João Del Rei, Ernani Barbosa Neves, para serem alertados da importância e responsabilidade do trabalho nas ruas da cidade. Para o diretor da unidade, Charles Nascimento, o projeto é uma oportunidade de os internos mostrarem para a sociedade que são capazes de conviverem com demais pessoas e de que precisam de oportunidades como estas. “É importante mostrar para a sociedade que eles podem desempenhar estas funções satisfatoriamente”, disse o diretor.
 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...