MENU

07/11/2021 às 21h18min - Atualizada em 07/11/2021 às 21h18min

Biscoito de babaçu das quebradeiras de coco do Maranhão marca presença na Maratona Embrapa de Empreendedorismo

Flávia Bessa (MTb 4469/DF) - Com informações da Secretaria de Inovações e Negócios da Embrapa
Embrapa Cocais

  
De 8 a 14 de novembro, acontece a Maratona Embrapa de Empreendedorismo, a ser realizada durante a 14ª edição Semana Global de Empreendedorismo com atividades totalmente gratuitas, on-line e para todas as regiões do Brasil e inserida em abril deste ano pelo Governo Federal no calendário nacional para estimular o empreendedorismo rural. O público-alvo são homens e mulheres do campo, pequenas agroindústrias, cooperativas, associações, startups em processo de estruturação e outros empreendimentos interessados em inovar ou ampliar seus negócios. O evento terá transmissão pelo canal da Embrapa no YouTube, com a participação de 14 Centros de Pesquisa, entre eles a Embrapa Cocais (São Luís-MA).

A Unidade da Embrapa no Maranhão vai participar com a palestra “Como o biscoito saiu do babaçual e chegou à política pública”, ministrada pela pesquisadora e chefe de transferência de tecnologia, Guilhermina Cayres. Segundo ela, “a apresentação vai contar a história de projeto de pesquisa que nasceu de uma curiosidade em aproximar área s do conhecimento técnico e do conhecimento tradicional (cientistas, chefs de cozinha e quebradeiras de coco) para "apenas" melhorar a formulação de alimentos produzidos em uma agroindústria familiar quilombola, começando com biscoito à base de babaçu”. No decorrer do projeto, vários parceiros foram se agregando à experiência, que se tornou a referência para criar a política de inovação social do Estado do Maranhão.

Participam dessa iniciativa 20 Unidades Descentralizadas e diversos parceiros, que abordarão temas como boas práticas na produção de doces, geleias, queijos, processamento mínimo e agregação de valor para a mandioca, oportunidades de geração de renda para a agricultura familiar, produção orgânica, negócios comunitários, acesso a mercados competitivos por meio da certificação, oportunidades oferecidas pelo agro para as startups, aceleração de startups baseada em tecnologias digitais para a agropecuária, quando mudar o rumo dos negócios, além do lançamento de cursos a distância (EAD) que fazem parte da vitrine e-Campo para transferência de tecnologia e inclusão produtiva.

Sobre o evento - Os eixos de atuação das atividades promovidas pela Maratona Embrapa de Empreendedorismo na SGE são: ampliação e criação de novos negócios, inovação, políticas públicas, sustentabilidade e transformação digital.  A Semana Global de Empreendedorismo (SGE) é um movimento que mobiliza diversas instituições no País em torno do fomento à cultura empreendedora, como universidades, empresas públicas e privadas, organizações do Terceiro Setor e o Sebrae, quando acontecem diversas atividades como palestras, seminários, debates, cursos e outras atividades com diferentes públicos e temáticas, mas sempre focando o empreendedorismo.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...