MENU

07/11/2021 às 17h52min - Atualizada em 07/11/2021 às 17h52min

Secretaria da Mulher divulga balanço de atendimentos do mês de outubro

O medo com 48% e a ansiedade com 38% continuam como as principais queixas

Kalyne Cunha
Secretaria de Políticas para Mulher
Objetivo do CRAM e da Casa Abrigo Doutora Ruth Noleto é prestar atendimento e acolhimento para mulheres em vulnerabilidade social, por conta da violência de gênero. (Foto: Patrícia Araújo)

  
Secretaria Municipal de Política para Mulher (SMPM), por meio do Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM) e Casa Abrigo Doutora Ruth Noleto, realizou 42 atendimentos no mês de outubro. Números fazem parte do relatório quantitativo mensal da unidade, que contabiliza serviços realizados por equipe técnica como serviço de assistência social, pedagógico e psicológico.

Levando em consideração o número total de mulheres atendidas 48% delas apontaram o medo como principal sintoma psicológico, na sequência a ansiedade com 38%, estresse com 33%, alteração no sono com 31%, sintomas depressivos com 26%, dor de cabeça com 21%, perda de apetite com 12%, ideação suicida e diminuição da autoestima com 10%, receio de recaída com 5%, agressividade e a automutilação com 2,38%.

Atendimentos realizados pela equipe técnica do serviço social foram 6 visitas domiciliar, 1 contato institucional, 2 reuniões com a equipe multidisciplinar, 2 discussões e estudos de caso, 1 reunião com funcionários e a coordenação do CRAM, 12 encaminhamentos para atendimentos psicológicos, 4 capacitações, 3 participações em eventos.

Após quadro de violência sofrida, 7 mulheres fazem acompanhamento psiquiátrico, 4 apresentaram transtornos de ansiedade, 5 transtornos depressivos e 1 tentativa de suicídio.

A secretária da mulher, Eva Messias, explica que o objetivo do CRAM e da Casa Abrigo Doutora Ruth Noleto é “prestar atendimento e acolhimento para mulheres em vulnerabilidade social, por conta da violência de gênero, promovendo a ruptura da situação em que a mulher se encontrar, trazendo de volta sua autoestima”, conclui.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...