MENU

07/11/2021 às 11h33min - Atualizada em 07/11/2021 às 11h33min

As gêmeas de "Mulheres de Areia"

“Mulheres de Areia” já foi reprisada duas vezes no “Vale a Pena Ver de Novo”. Uma em 1996 e outra em 2011 e em 2016 foi ao ar pelo Canal Viva. A trama também está disponível para os assinantes do Globoplay.

Da Redação
GB Edições
Glória Pires se consagrou vivendo Raquel e Ruth. Ruth era uma mulher honesta e amava Marcos (Guilherme Fontes) verdadeiramente. Ela sofria muito e passava por verdadeiros horrores armados por Raquel até que finalmente conseguiu viver sua grande paixão.
  
A história de Ivani Ribeiro era tão boa que mereceu duas produções, em épocas e emissoras diferentes. A primeira produção de "Mulheres de Areia" foi em 1973, na extinta TV Tupi, com Eva Wilma e Carlos Zara vivendo as personagens principais, ou seja, as gêmeas Ruth e Raquel e Marcos Assunção. Ele se apaixona primeiro por Ruth, mas por causa daquelas artimanhas do destino que muitas vezes só acontecem nas novelas, Marcos acaba se casando com Raquel, uma verdadeira peste que não mede esforços para subir na vida. Inclusive Raquel chega a fingir que é Ruth, sua irmã. Ruth é uma mulher do bem, simples e que ama Marcos verdadeiramente. Claro que no final tudo se esclarece; Marcos e Ruth acabam juntos.

A novidade, tanto na primeira quanto na segunda versão que a Globo exibiu em 1993, foram os recursos de imagem que possibilitaram que as personagens vividas por uma só atriz contracenassem. Além do triângulo amoroso, outros dramas rechearam a trama e o imaginário do público, por exemplo, a situação dos pescadores que queriam formar uma cooperativa e casamentos que viviam apenas de aparências.

Na versão exibida pela TV Tupi, além de Eva Wilma e Carlos Zara estavam também Cleide Yaconis, Gianfrancesco Guarnieri (Tonho da Lua), Cláudio Correa e Castro, Antonio Fagundes, Maria Izabel de Lizandra, Wanda Stefânia, Laura Cardoso, Márcia Maria, Rolando Boldrin, entre outros.

Vinte anos depois, quando a Globo retomou a trama de Ivani Ribeiro, Carlos Zara também participou, mas desta vez vivendo um pescador. No papel de Marcos Assunção, o galã, estava Guilherme Fontes e vivendo Ruth e Raquel, Glória Pires que, assim como Eva Wilma vinte anos antes, também deu um show de interpretação. Cabe destacar o desempenho de Marcos Frota no papel de Tonho da Lua, cuja maior distração era fazer maravilhosas esculturas na areia enquanto escondia uma paixão brutal por Ruth, ao mesmo tempo em que nutria um ódio de igual tamanho por Raquel.

Desta vez, estava também no elenco Paulo Goulart, Viviane Pasmanter, Thaís de Campos, Sebastião Vasconcelos, Raul Cortez, Karina Perez, Paulo Betti, Jonas Bloch, Eduardo Moscovis, Susana Vieira, Gabriela Alves, Laura Cardoso Edwin Luisi, entre outros.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...