MENU

29/10/2021 às 21h53min - Atualizada em 29/10/2021 às 21h53min

Mais Cirurgias: Governo beneficia pacientes da Região Tocantina com procedimentos ortopédicos

Marcos Atahualpa
SES
Foto: Divulgação
 
O Governo do Estado iniciou, nesta quinta-feira (28), mais uma edição do Programa Mais Cirurgias no Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, em Imperatriz. Até o dia 30 de novembro, a unidade beneficiará 40 pacientes da Região Tocantina com procedimentos ortopédicos. O programa é executado em unidades da rede estadual pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e tem o objetivo de reduzir a espera por cirurgias.

“O Mais Cirurgias é importantíssimo para que consigamos atender a demanda reprimida resultante da pandemia. Iniciativas como esta, nos ajudam a dar resolutividade aos casos de quem está no aguardo por um dos procedimentos”, disse o diretor administrativo do hospital, Felype Hanns.

Todos os pacientes contemplados pelo programa passaram por consulta e triagem para, então, realizarem a cirurgia. Nos cinco dias da ação, serão realizadas intervenções de média complexidade.

Beneficiado com procedimento para restauração de ligamento e menisco, o paciente Flaubert Monteiro da Silva, de 36 anos, natural de Imperatriz, comemorou a cirurgia. “A sensação é de grande alívio. Desde março aguardava por essa cirurgia e, com ela sendo feita, poderei voltar ao trabalho e às atividades da faculdade”, afirmou.

Também de Imperatriz, o jovem Luís Gustavo da Silva Azevedo, de 24 anos, agradeceu a iniciativa. “Vai ser muito satisfatório porque eu vou poder retornar às práticas esportivas e também viver a vida, da maneira mais normal possível”, compartilhou.

O Programa Mais Cirurgias é uma estratégia do Governo do Maranhão e tem como objetivo acelerar a realização de procedimentos de média e alta complexidade em todo o estado. A previsão é que o Hospital Macrorregional de Imperatriz promova outra ação nos dias 4 e 5 de novembro, porém com ênfase na demanda oftalmológica.

Os pacientes serão submetidos a intervenções de catarata e pterígio, todos foram referenciados pelas Regionais de Saúde de Imperatriz, Barra do Corda, Açailândia e Balsas. A expectativa é que sejam feitas até mil cirurgias durante esse período.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...