MENU

28/10/2021 às 18h43min - Atualizada em 28/10/2021 às 18h43min

Polícia Civil prende suspeitos de furto em apartamento de luxo em Fortaleza pertencente a cantor de trap

Ascom/PCCE
Foto: Divulgação Ascom/PCCE
  
Em uma ação rápida, a Polícia Civil do Ceará (PC-CE) prendeu dois homens suspeitos de participar do furto em um apartamento de luxo, pertencente a um cantor de trap, em Fortaleza. As prisões ocorreram nessa terça-feira (26). Já o crime ocorreu na segunda-feira (25). Joias e a quantia de R$ 10 mil foram recuperados pela equipe da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da PC-CE. Detalhes do trabalho policial foram divulgados em coletiva de imprensa, na sede da Superintendência da Polícia Civil, no Centro de Fortaleza.

Antônio Gilmauro Batista Ramalho, de 31 anos, e Gean Soares de Oliveira, de 24 anos, que já respondem por furto qualificado, foram presos quando retornavam para Novo Oriente (CE), cidade onde residiam. Com eles, a Polícia apreendeu cerca de R$ 10 mil em espécie e joias do cantor. A dupla, que já era acompanhada por policiais civis, foi abordada na cidade de Canindé (CE), por agentes federais que estavam no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

As investigações apontam que os dois homens participaram do furto do apartamento do cantor de trap, situado no bairro Meireles, em Fortaleza. Gilmauro atuou dirigindo o carro utilizado na ação criminosa. Já Gean entrou no apartamento da vítima na companhia de outro suspeito já identificado pela Polícia. Imagens do circuito interno de câmeras ajudaram na identificação dos suspeitos.

Ainda conforme o trabalho investigativo, cerca de seis homens participaram da empreitada criminosa. Sendo dois deles atuantes como fornecedores de informação privilegiada sobre a vítima, além de facilitação dos suspeitos nas dependências do condomínio. Os dois suspeitos alugaram um apartamento no mesmo prédio da vítima e passaram a acompanhar sua rotina.

Então logo após tomarem conhecimento do caso, os policiais civis iniciaram as investigações que resultaram nas prisões dos suspeitos, bem como na recuperação de parte do material levado. A Polícia Civil mantem as investigações no sentido de localizar os outros integrantes do grupo criminoso. O material apreendido já foi restituído ao proprietário.

Denúncias

A Polícia Civil mantém os trabalhos sobre a atuação criminosa do grupo no intuito de apurar a participação de outras pessoas envolvidas em roubos. A DRF disponibiliza um número para denúncias para onde podem ser repassadas informações que ajudem os trabalhos investigativos. As denúncias podem ser feitas para o número (85) 3101-1141. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...