MENU

22/10/2021 às 17h53min - Atualizada em 23/10/2021 às 00h00min

Agro, Cidades Inteligentes, Futurolândia e Indústria 4.0: ilhas interativas no multiverso hiperconectado

O futuro bate à porta com universos paralelos que simulam conectividade de escolas, serviços públicos de cidadania e telemedicina preventiva no Futurecom Digital Week

SALA DA NOTÍCIA Stella Sanches
Segundo futuristas, não tem como falar de multiverso sem citar o vanguardista Second Life, jogos Sandbox ou até mesmo GTA e The Sims, guardadas as devidas proporções. No mundo dos games já é possível trabalhar, ganhar dinheiro, ser recrutado para um emprego, comprar e vender terrenos e ter toda uma vida paralela, no mundo virtual. Por muito tempo o metaverso morou somente em desenhos de animação, muitas vezes com realidades distópicas e bizarras e com viagens no tempo espaço. Mas, agora ele se aproxima da realidade, através de interações mais palpáveis, em ilhas virtuais que simulam até mesmo utopias e sociedades melhor desenvolvidas usando a conectividades do 5G, da internet das coisas, da melhor gestão de plantações e eliminação de pragas no Agro superconectado e com a criação de cidades inteligentes mega funcionais, para citar alguns exemplos.
Com a expertise nos temas Indústria 4.0, 5G no agronegócio, tecnologia e inovação, que foram temas muito presentes nos eventos virtuais do Futurecom do último ano, o Futurecom Digital Week proporciona aos usuários uma imersão inovadora nas ilhas futuristas criadas pela Informa Markets em parceria com a agência MCI.
Com a iminência da liberação do uso do 5G pelas operadoras, os equipamentos e sistemas de realidade virtual também ganham foco no mercado de tecnologia. O metaverso ganhou ainda mais destaque com a notícia dos gigantes Facebook e Microsoft que anunciaram altos investimentos em metaverso, como desdobramentos de redes sociais ainda mais interativas. Atualmente, o conceito é utilizado em salas de reunião, showrooms de imóveis e no próprio entretenimento. Mas a tendência é trazer o metaverso para a realidade, ampliando seu público-alvo.
Em questão de usabilidade, o ‘grau’ de metaverso, tanto dos jogos quanto das big techs, é dado pelo nível de imersão e pelo realismo passado através dos gráficos. Tanto um quanto o outro podem ser melhorados com os avanços tecnológicos que já estão em curso, permitindo o barateamento dos aparelhos de realidade virtual e melhoria do desenvolvimento gráfico. Mas a virada do jogo do metaverso está mesmo em como as big techs vão trabalhar essa nova ferramenta: gerar novas necessidades nos usuários, transformar em serviço e as vantagens de envolvimento em uma realidade paralela com muito a ser explorado.
Na ilha Cidade Inteligente do Metaverso Futurecom, o visitante pode experienciar o impacto positivo de toda a revolução prevista pela chegada do 5G e da internet das coisas: medidores e dispositivos sem fio que transmitem informações de melhoria do trânsito permitindo melhor infraestrutura urbana; redes inteligentes de energia com medidores dinâmicos que identificam gargalos gerando um consumo mais eficiente de energia; sistema de mobilidade pública urbana integrada com uso de energias renováveis - biomassa e painéis solares; rede logística completamente conectada por drones; compactadores de lixo com energia solar e estações de recarga de veículos; postes de iluminação inteligente com capacidade de monitoramento e gestão de fluxo, e muitas outras possibilidades.
Na cidade remota apresentada dentro da Ilha Vila Digital (Futurolândia), ou Closing the Gap of the Digital Divide, a experiência é de um mundo que convive de forma harmônica com a mais moderna tecnologia. É uma previsão de futuro na qual os cidadãos se beneficiam de forma integral com internet 5G gratuita nas escolas, serviços públicos de cidadania e telemedicina preventiva. É uma cidade flutuante onde as pessoas podem usar aplicativos de monitoramento de sinais vitais que acusam necessidades de intervenção médica, por exemplo. Em resumo, é uma perspectiva de futuro com melhor qualidade de vida e redução de custos através do uso consciente da tecnologia que o ser humano terá em mãos em pouco tempo.
O modelo virtual do Agro no Metaverso Futurecom é baseado em uma fazenda que usa a tecnologia para processos autônomos e inteligentes, conectando todos os sistemas de uma cadeia produtiva de modo a mesclar o virtual e o real no campo. A boa gestão de recursos, prevenção de pragas, melhoria nos insumos, rastreabilidade segura, tudo através da hiper conectividade do 5G, que pode proporcionar safras coordenadas sazonalmente de acordo com as estações, drones que conectam serviços climatológicos e tratores que trabalham no campo.
Já na ilha da Indústria 4.0, o 5G possibilita produção integrada por computador; sistema de manutenção inteligente; interface entre máquinas e a central de produção controlada por IA e humanos, além do espaço de convivência humanizado. É um conceito que já é realidade no universo da indústria, mas que pode melhorar exponencialmente e otimizar processos com a conexão sem fio e monitoramento por máquinas inteligentes. Os visitantes poderão compreender e experienciar de forma imersiva tudo que permite atingir outro patamar nas produções mais diversas da indústria.
Assim como nos jogos, que podem ser completamente descentralizados e independentes, como alguns que possuem suas próprias regras e suas próprias políticas, incluindo votações pelos participantes, no Metaverso Futurecom os visitantes poderão interagir com itens criados em 3D e com viagens monitoradas nas quatro ilhas.
O Futurecom Digital Week acontece de 8 a 11 de novembro com palestras que irão debater 5G, Inteligência Artificial, Virtualização, Infraestrutura e Conectividade, Internet das Coisas (IoT), Blockchain, Edge Computing; Data Analytics, ISPs e Redes Neutras e ainda vai proporcionar a visita a essas quatro ilhas criadas com o intuito de mostrar um futuro possível com todo um novo universo que se abre diante da humanidade.

Serviço:
Futurecom Digital Week
Quando: De 8 a 11 de novembro de 2021
Informações: https://inscricaodeeventos.com.br/informa/futurecom/2021/usuario/index.asp?utm_medium=banner&utm_source=assessoria&utm_campaign=ingressos-dw


Sobre o Futurecom – https://www.futurecom.com.br/pt/plataformadenegocios.html
O Futurecom é a plataforma de negócios que impulsiona o ecossistema de tecnologia e telecomunicações, apresentando soluções para o seu negócio, por meio de conexões de comunidades, relacionamentos e conteúdo de qualidade em todos os ambientes: digital, físico e simultaneamente. O Futurecom conta hoje com uma base de dados qualificada, com mais de 151 mil contatos de profissionais do setor e diversos canais, como plataforma digital, website, redes sociais e um portal de conteúdo exclusivo. Futurecom é o parceiro estratégico ideal para promover marcas, lançar produtos, gerar leads qualificados e realizar ações personalizadas para obtenção de um melhor retorno de investimento, com mais foco e assertividade.

Sobre a Informa Markets 
A Informa Markets cria plataformas para indústrias e mercados especializados para fazer negócios, inovar e crescer. Nosso portfólio global é composto por mais de 550 eventos e marcas internacionais, sendo mais de 30 no Brasil, em mercados como Saúde e Nutrição, Infraestrutura, Construção, Alimentos e Bebidas, Agronegócio, Tecnologia e Telecom, Metal Mecânico, entre outros. Oferecemos aos clientes e parceiros em todo o mundo oportunidades de networking, viver experiências e fazer negócios por meio de feiras e eventos híbridos, conteúdo digital especializado e soluções de inteligência de mercado, construindo uma jornada de relacionamento e negócios entre empresas e mercados 365 dias por ano.
Para mais informações, visite www.informamarkets.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...