MENU

18/10/2021 às 15h15min - Atualizada em 19/10/2021 às 00h00min

Brasil possui 3/4 da capacidade da Usina Hidrelétrica de Itaipu em energia solar

Apresentados na abertura do The smarter E South America, em São Paulo, números do setor também apontam para geração de 325 mil empregos

SALA DA NOTÍCIA Pedro Carvalho

São Paulo, 18 de outubro de 2021 - O Brasil ultrapassou a potência de 11 gigawatts (GW) em geração de energia solar, o equivalente a 3/4 da capacidade produzida pela Usina Hidrelétrica de Itaipu. São 3,8 GW de potência instalada em usinas solares de grande porte e 7,2 GW em sistemas de pequeno e médio portes - instalados em telhados, fachadas e terrenos. Desde 2012, foram R$ 57,2 bilhões em investimentos, R$ 15,2 bilhões em arrecadação e 325 mil empregos criados, evitando ainda a emissão de 12,5 milhões de toneladas de CO2. Os dados foram apresentados pela Associação Brasileira de Energia Solar (ABSOLAR) na abertura do The smarter E South America, que ocorre entre hoje e quarta-feira, no Expo Center Norte, em São Paulo.

O evento é realizado no momento em que o país enfrenta uma das maiores crises hídricas das últimas décadas, o que afeta diretamente o fornecimento de energia. No próximo dia 25, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizará um leilão emergencial de contratação de fontes reservas. "Apesar da agilidade na construção de uma usina solar de grande porte, que leva menos de 18 meses para ficar pronta, novas unidades não estariam disponíveis a tempo para o próximo leilão, que prevê o fornecimento de energia a partir de maio de 2022'', explica Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR.

A entidade também destaca a importância da atuação do governo federal. "Neste momento de crise hídrica, o governo está cumprindo seu papel ao lançar mão do uso emergencial de energia termelétrica e ao pedir que a sociedade reduza o consumo", pondera Sauaia, que completa: "Porém, também é dever do governo atuar para que a sociedade se envolva na obtenção de sua própria fonte de energia limpa e renovável. Para isso, é preciso reduzir impostos e abrir linhas de financiamento para facilitar o acesso ao sistema de geração de energia solar."

O executivo cita como exemplo a parceria do governo com o agronegócio. "O agro é solar! Atualmente estamos trabalhando com o Ministério da Agricultura para a abertura de novas linhas de financiamento rural." O setor é o terceiro no uso de energia solar no país, responsável por 13,5% da geração distribuída, ficando atrás apenas das residências e do comércio.

O The smarter E South America reúne os principais eventos de geração, distribuição e armazenamento de energia solar fotovoltaica, contando com mais de 250 expositores e dezenas de palestras.

 

The smarter E South America 2021

Data: 18–20 de outubro de 2021

Horário da feira: 12h–20h

Horário do congresso: 9h–18h

Expo Center Norte – São Paulo, SP

Para mais informações sobre The smarter E, visite: www.ThesmarterE.com.br
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...