MENU

17/10/2021 às 19h06min - Atualizada em 17/10/2021 às 19h06min

Boca limpinha e bem higienizada faz a diferença

Da Redação
GB Edições
Ilustração - Freepik
 
O assunto ainda é bem atual, apesar de a atitude das pessoas ter mudado bastante quanto à limpeza da boca. Infelizmente, a falta de higiene bucal adequada afeta não somente a saúde dos dentes, mas da boca de um modo geral podendo ocasionar sérias doenças que acabam afetando outras partes do corpo.

Segundo especialistas no assunto, muitas pessoas, por falta da orientação correta, comentem erros básicos na hora de fazer a higiene. O que essas pessoas provavelmente não sabem é que simples atitudes diárias evitam desde cáries, doenças periodontais (como a perda óssea) e até mesmo problemas de estômago, diabetes e doenças cardíacas.

Não adianta fazer clareamentos, implantes ou enxertos sem antes pensar no primordial que é uma correta higiene. Quanto mais delicado o tratamento, mais importante deve ser a atenção com a higiene bucal.  

Os tipos de escovas e as técnicas de escovação variam de pessoa para pessoa. Tudo depende da arcada dentária, da habilidade motora, da idade e do problema que cada um possui (cáries, problemas gengivais etc). Em geral, as técnicas de escovação mais indicadas são: fazer movimentos circulares (nunca fazer movimentos na horizontal); posicionar a escova 45 graus entre o dente e a gengiva e fazer leves vibrações; escovar de cima para baixo, ou seja, no sentido da gengiva para os dentes.  

Os movimentos devem ser suaves com escovas de cerdas macias, evitando riscos nos dentes ou desgaste do esmalte. Para que a escovação seja totalmente correta, o mais indicado é consultar um profissional da área para passar todas as instruções de forma personalizada.

O ideal é que a escovação seja feita ao acordar, antes de dormir e sempre depois de cada refeição, mesmo que seja um lanche rápido.

A cada escovação, é necessário dar atenção à língua e às bochechas que também acumulam bactérias prejudiciais à saúde. As bochechas podem ser escovadas com a própria escova de dentes e, em relação à língua, existem nas farmácias e mercados raspadores específicos que são mais apropriados para removerem as impurezas.
O que realmente remove a placa bacteriana é a técnica correta de escovação, os cremes dentais são complementos da escovação que auxiliam no combate à placa. Porém, sua principal função é a de levar flúor aos dentes.

O uso de enxaguatórios bucais deve ser feito com cautela. Dependendo da fórmula, é necessária a prescrição médica para que o produto atue como complemento de um tratamento em específico. Eles são complementos na higiene bucal e que não substituem a escovação e o uso do fio dental adequado.

O uso do fio dental é extremamente importante para a higiene bucal (tanto quanto a escovação), já que remove a placa entre os dentes. Ele deve ser usado no momento de cada escovação ou, no mínimo, duas vezes ao dia.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...