MENU

15/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 15/09/2020 às 00h00min

Distribuidora Mila é campeã do Módulo A da Copa 1º de Maio do Trabalhador

A campeã do módulo B foi a equipe da Prefeitura de Imperatriz sob a coordenação da Sedel

Dema de Oliveira
Equipe da Distribuidora Mila, campeã do Módulo A da Copa 1º de Maio do Trabalhador 2020 - Foto: Divulgação/Assessoria
Chegou a final no último domingo (13), a Copa 1º de Maio do Trabalhador de Futebol Soçaite 2020, em sua IV edição, depois que passou a ser promovida pela Novaliga de Futebol Amador de Imperatriz e Região.
Iniciada com 76 equipes e depois de passar por seis fases, competição teve como finalistas do Módulo A, Distribuidora Mila e Construtora Redenção, que fizeram uma final inédita. Distribuidora Mila e Construtura Redenção, fizeram uma decisão á altura das duas equipes, que foram realmente as melhores da competição e por isso chegaram a final. A Distribuidora Mila, chegou a estar vencendo por 2 a 0, mas a Construtora Redenção empatou em 2 a 2, placar final do tempo normal. Na cobrança de pênaltis, 2 a 0 para Distribuidora Mila e em consequência o título inédito. 
Pelo Módulo B, a decisão foi entre o time da Prefeitura de Imperatriz e DPL Construções. O time da Prefeitura, sempre esteve na frente do placar, mas o jogo acabou empatado em 3 a 3, também em uma grande espetáculo de futebol soçaite, pela raça e determinação, diante de um sol causticante. Na cobrança de pênaltis, 6 a 5 para a equipe da Prefeitura.
Portanto, a equipe da Distribuidora Mila foi a campeã do módulo A e Prefeitura de Imperatriz, do Módulo B.
A Novaliga, que fez o encerramento da competição e a entrega de troféus e medalhas, pagou uma premiação em dinheiro no valor de R$ 33 mil. 
O campeão do Módulo A recebeu R$ 14 mil, vice- campeão, R$ 7 mil, artilheiro, R$ 500,00 e goleiro menos vazado, R$ 500,00. Campeão do Módulo B, recebeu R$ 5 mil, vice-campeão R$ 2.500,00, artilheiro R$ 250,00 e goleiro menos vazado, R$ 250,00. Foram incluídos também, troféus e medalhas, que custaram R$ 3 mil.
No encerramento, o presidente da Novaliga, Diego Macêdo, agradeceu a todos que participaram do evento e renovou o convite para a edição de 2021. “Façamos votos que para o próximo ano, possamos realizar a competição dentro da normalidade como nos anos anteriores”, disse, se referindo à pandemia do novo coronavírus.
O empresário João Lira, idealizador da Novaliga, disse que os trabalhadores são a principal causa desse torneio e os que fazem acontecer o brilho do evento. “O Esporte educa, integra, harmoniza, nos traz emoções e alegria. Todos estão de parabéns, as empresas e os trabalhadores que são os mais homenageados e os que fazem acontecer o brilho dessa competição. Muito obrigado a todos e até 2021, com a 5ª edição da Copa do Trabalhador”, enfatizou João Lira.

Números finais da competição

Os números da competição apontam que foram realizados 303 jogos, marcados 1.422 gols, gerando a média de 4,6 gols por partida. Melhor ataque Módulo A, foi da Distribuidora Mila, com 51 gols, que teve também a melhor defesa com apenas 7 gols levados. Mas o artilheiro foi Francisco da equipe do Armazém Matheus, que marcou 19 gols. No Módulo B, o melhor ataque foi da Prefeitura de Imperatriz, com 52 gols, também teve a melhor defesa com 26 gols levados, mas o artilheiro foi da DPL Construções, Silas Almeida, com 10 gols.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...