MENU

01/10/2021 às 23h07min - Atualizada em 01/10/2021 às 23h07min

Assaltante do Bradesco de Vitória do Mearim é preso em Imperatriz

Durante o assalto, dois vigilantes foram mortos e uma mulher levou um tiro na cabeça mas sobreviveu

Dema de Oliveira
Pedro Henrique Soares Silva será transferido nos próximos dias para a Comarca de Vitória do Mearim - Foto: Divulgação/Redes Sociais
A Polícia Civil seguiu com investigações para elucidar o caso do assalto a agência do Bradesco na cidade de Vitória do Mearim, ocorrido no dia 25 de agosto deste ano, onde dois vigilantes foram mortos e uma jovem foi baleada na cabeça, e conseguiu prender preventivamente mais um integrante da quadrilha autora do crime. Trata-se de Pedro Henrique Soares Silva, 29 anos, que tem como endereço em Imperatriz a Rua Santa Teresa, no bairro Bonsucesso.

O Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF/SEIC), com apoio da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, identificou que o criminoso teria sido preso após uma tentativa de assalto na cidade. Feito o contato com a equipe da região tocantina, prontamente foi enviado e cumprido o mandado, garantindo a permanência da prisão do suspeito e favorecendo a investigação sobre o crime.

Com essa prisão, a Polícia Civil já contabiliza dois integrantes da quadrilha retirados de circulação. No último dia 2 de setembro, equipes da SEIC abordaram um dos criminosos em Vitória do Mearim, que reagiu ao fazer um disparo contra os policiais, ocasionando no revide em legítima defesa por parte dos investigadores, que o atingiram com um disparo. O mesmo foi encaminhado para o Hospital Municipal de cidade, porém veio a óbito.

Naquela ocasião foram apreendidas duas pistolas ponto 40, além da que ele portava no confronto, um revólver calibre 38, que pertencia a um dos vigilantes mortos no dia do crime, e algumas roupas que, segundo as investigações, seriam dos demais integrantes da quadrilha.

Pedro Henrique Soares Silva foi preso em Imperatriz após ter sido abordado e seguro por populares na área do Bacuri, e agredido. Só não morreu porque policiais militares do 3º BPM foram acionados. Após passar pelo Socorrão, o bandido foi apresentado na Delegacia Regional de Polícia Civil em Imperatriz, onde foi reconhecido como um dos envolvidos no assalto ao Bradesco de Vitória do Mearim. 

Após prestar depoimento, o investigado teve de retornar para o Socorrão, porque sentiu-se mal da taca que levou, e se encontra sob custódia de um agente penitenciário armado. Logo que tenha condições, será levado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, de onde será transferido para o Distrito da culpa. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...