MENU

28/09/2021 às 12h00min - Atualizada em 28/09/2021 às 12h00min

Wagner entrega primeiras 4 pontes de concreto e beneficia centenas de famílias da zona rural

Programa Travessia construirá 24 pontes para garantir o livre deslocamento e o escoamento dos alimentos do pequeno produtor rural

Marcelo Martin
Ascom/PMA
Os eventos contaram com presença de moradores, vereadores, secretários municipais e o deputado federal Tiago Dimas - Marcos Sandes/Ascom PMA

  
Centenas famílias da zona rural já estão sendo beneficiadas com o Programa Travessia da Prefeitura de Araguaína, que construirá 24 pontes de concreto. Nessa última sexta-feira, 24, o prefeito Wagner Rodrigues entregou as primeiras 4 unidades nos projetos de assentamento (PA) Manoel Alves e Rio Preto. Os eventos contaram com presença de moradores, vereadores, secretários municipais e o deputado federal Tiago Dimas.  

 
“As pontes têm planejamento feito junto com o prefeito Ronaldo Dimas e agora fazem parte do meu compromisso de melhorar a vida do produtor rural, que precisava de uma resposta rápida. Na próxima vez que eu estiver aqui será para inaugurar a construção da escola com padrão de excelência”, afirmou o prefeito durante inauguração no PA Manoel Alves.
 
Outras três pontes já estão prontas e sendo usadas pelos moradores no PA Levinha, Vidal Dias e Waldemar Carrijo. Duas travessias estão sendo construídas no PA Paraíso e mais quatro devem começar em breve na Estrada do Coco Salviano, sobre o Rio Lontra, e no Garimpinho, sobre afluentes do Rio Araguaia.
 
Das 24 pontes, 15 estão sendo custeadas com verba do tesouro municipal e outras 9 por meio de um convênio com o Governo Federal, somando um investimento superior a R$ 2,5 milhões.

Acesso garantido
 
No PA Manoel Alves, a ponte de concreto armado foi construída sobre o Córrego Água Amarela, além sete bueiros que vão garantir a integridade da estrada. A obra de 12 metros de comprimento beneficia diretamente 94 famílias, facilitando o acesso dos alunos à escola, de todos os moradores às cidades de Muricilândia, Aragominas e Araguaína, e consequentemente facilita o escoamento da produção rural.
 
“Aqui a gente produz milho, feijão, mandioca, fava, leite, galinha e porco. A ponte que havia de madeira já tinha rodado duas vezes em menos de 10 anos e isso deixava todos os moradores isolados. Essa é a gestão que acabou com a dificuldade”, relatou o produtor rural Natal Lopez da Silva, 57 anos.
 
No PA Rio Preto, as estruturas construídas sobre os Rio Preto e Córrego Atoleiro, sendo duas de 12 e uma de 8 metros de comprimento, beneficiaram diretamente 203 famílias. “Eu tenho 30 anos aqui e cansamos de concertar as pontes de madeira, estava pensando em ir embora. No inverno, quem mora do outro lado ficava ilhado”, contou o produtor rural Antônio Alves, 65 anos, conhecido como “baixinho”. Wagner também informou que implantará um calçamento na área social do assentamento, onde fica a escola e unidade de atendimento de saúde.


Recuperação total
O projeto do Município para a zona rural também inclui a reestruturação das estradas vicinais, por meio do Programa Máquinas na Estrada. No PA Levinha, as equipes da Secretaria da Infraestrutura já recuperaram 50 km e 20 km no PA Manoel Alves. No PA Brejão, os 18,5 km do povoado até a granja receberão manutenção nos próximos dias e no PA Paraíso está sendo aberta uma nova via de 7,5 km para encurtar e melhorar o acesso dos alunos à escola que fica dentro do assentamento.

 
Outra melhoria já prevista é para o PA Araguaminas (Caju Manso), onde 35 km de estrada receberão a manutenção. O serviço prevê cascalhamento com compactação e construção de bueiros.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...