MENU

26/09/2021 às 14h45min - Atualizada em 26/09/2021 às 14h45min

Alanis Guillen, a atriz que vai virar onça

Sucesso da extinta Rede Manchete, “Pantanal” estreia sua nova versão em 2022 com a atriz vivendo a icônica personagem Juma Marruá

Da Redação
GB Edições
Todos queriam saber quem seria a atriz escolhida para ser a Juma Marruá, em “Pantanal”. Muitos nomes estavam sendo especulados. Mas a confirmação veio com a entrevista, no “Fantástico”, com Alanis Guillen / GB Imagem
  
A expectativa está sendo grande desde que foi anunciado que a Globo faria uma nova versão de “Pantanal”, afinal a novela de Benedito Ruy Barbosa é um dos maiores clássicos da televisão brasileira. Sucesso total em 1990 quando foi ao ar pela extinta Rede Manchete e posteriormente reprisada exaustivamente, inclusive pelo SBT, “Pantanal” tinha como cenário a belíssima natureza da região e personagens inesquecíveis e marcantes como a Juma Marruá que se transformava em onça-pintada, além de outros como José Leôncio, Jove, Velho do Rio, Muda, Guta, Trindade e Maria Bruaca, só para citar alguns.

O remake de “Pantanal” promete ser o grande lançamento de 2022. Aliás, as gravações já começaram e estão bem adiantadas. A Globo pretende estrear a trama, que desta vez está sendo escrita por Bruno Luperi, neto de Benedito Ruy Barbosa, já totalmente gravada.

Até o último domingo todos queriam saber quem seria a atriz escolhida para ser a Juma Marruá, magistralmente interpretada por Cristiana Oliveira na versão original. Muitos nomes estavam sendo especulados, mas a confirmação veio com a entrevista comandada pela repórter Giuliana Girardi, no “Fantástico”.

O “Show da Vida” mostrou para todo o Brasil que Alanis Guillen, atriz de 23 anos que em 2019 deu vida a personagem Rita de “Malhação – Toda Forma de Amar”, fora a escolhida para viver Juma. Aliás, foi o “Fantástico” que no ano passado anunciou o remake da trama. Segundo a atriz, logo que a reportagem foi ao ar, em setembro de 2020, a torcida para que ela interpretasse essa personagem brasileira tão icônica era muito grande. “Quando disseram que haveria essa nova versão de ‘Pantanal’ – novela que nunca tinha assistido – uma galera na internet começou a me marcar em publicações e muitas pessoas começaram a comentar. Pessoas amigas, da família, dizendo ‘essa personagem tem que ser você!’. Eu queria saber quem era a personagem, que história era essa, fiquei muito curiosa. Depois de entender do que se tratava, quis fazer teste para essa produção”, conta a atriz paulista, de Santo André, que após alguns meses e testes para o papel, recebeu a ligação com a confirmação de que havia sido escolhida.

O diretor artístico, Rogério Gomes, o Papinha, comenta que a escolha de Alanis se deu devido à sua adequação física para o papel, já que a família de Juma vai do Paraná para o Pantanal, e à análise do seu trabalho. “Nossa produtora de elenco, Rosane Quintaes, trouxe o nome da Alanis, que foi a nossa primeira opção. Pedimos a ela e a diversas outras atrizes que nos enviassem ‘selftapes’, material de vídeo que ficou comum no último ano devido à dificuldade de testes presenciais durante a pandemia. Depois de recebermos tudo, convidamos Alanis para fazer um teste presencial, seguindo todo o protocolo de segurança daquele momento. Ela fez o primeiro teste e foi brilhante”, declara o diretor.

Para o autor Bruno Luperi, a atriz escolhida para interpretar Juma precisava ter uma característica indispensável: o olhar da onça. “Olhei para ela e pensei: é exatamente o que precisamos. Bochecha, nariz, boca, olhar e talento. Ela tinha tudo”, comenta Bruno.

Alanis Guillen diz que após fazer os testes para a personagem, ficou aguardando ansiosa o resultado. “Para mim, era muito além de um trabalho ou só mais uma personagem. Era um encontro comigo, um encontro com o divino que transcendia qualquer coisa... Foi somente em fevereiro de 2021 que me chamaram para fazer um teste presencial com o diretor, algo para o qual eu vinha vibrando muito que acontecesse. Cheguei lá, encontrei o Papinha (o diretor artístico, Rogério Gomes) e foi incrível, ele me acolheu demais. Enquanto esperava o retorno desse teste, algum veículo de imprensa publicou que eu estava confirmada, mas eu mesma ainda não tinha tido essa resposta. Amigos e familiares me cobrando de não ter falado nada e me parabenizando. Foi uma loucura porque não sabia o que responder a ninguém. Não sabia nem se eu já podia comemorar, ou não. Até que veio a confirmação. Aí eu transbordei”. 

Trabalhando no meio artístico desde criança, Alanis Guillen estreou em novelas em “Malhação” e pode-se dizer que a atriz tirou a sorte grande em seu segundo trabalho na televisão ao conquistar a personagem de “Pantanal”. “Meu primeiro trabalho na TV foi em ‘Malhação: Toda Forma de Amar’, mas eu trabalho desde os três anos. Eu fazia muito comercial, publicidade... O teatro foi entrar na minha vida quando eu tinha uns 17 anos, no final do colégio. Hoje, eu tenho 23. ‘Pantanal’ é meu segundo trabalho na TV. Fui estudar teatro para perder a timidez. Quando cheguei lá, descobri todo um universo que eu desconhecia desejar tanto”.

Quando questionada se havia conversado com Cristiana Oliveira, a primeira Juma Marruá, Alanis Guillen explicou: “Quando começou esse burburinho ela me mandou uma mensagem por meio de uma rede social dizendo que estava torcendo muito por mim. Mas, eu ainda não podia falar nada, então somente agradeci muito. Depois disso, nós tivemos um encontro virtual numa ação interna de ‘Pantanal’ e foi muito bom ouvi-la falar, sentir ela se expressando, contando sua experiência. E agora estou aqui pensando em propor a ela uma ligação pra gente trocar umas ideias”.

A atriz ainda revelou que está tomando sol sem biquíni, para não ficar com marquinhas e fazer bonito na telinha. “Estou tentando tomar sol sem biquíni, para não ficar marca, já que a Juma usa umas roupas em que o corpo aparece bem”.

Apesar de as gravações de “Pantanal” já terem começado, Alanis Guillen ainda não começou a gravar as cenas de sua personagem e se diz estar em grande expectativa para mais esse desafio profissional. “Tem a expectativa de chegar ao Pantanal pela primeira vez; tem também esse lugar que a novela ocupa no imaginário de todo mundo. Eu sinto e sei que é uma missão gigantesca contar essa história, nesse momento, desse lugar, nesse Brasil de hoje, para as pessoas do Brasil de hoje. Em algum lugar as coisas vão se encaixando e eu sei que eu vou dar conta. Estou me preparando muito nos âmbitos pessoal e profissional. São muitas mudanças. E que bom! Fora a felicidade e gratidão imensa por trabalhar com pessoas que tanto admiro e ansiosa pra tudo que vou aprender nessa jornada”, finaliza a atriz, que promete fazer bonito e repetir o sucesso de Juma Marruá, da versão original.


01- Em 2019, Alanis Guillen deu vida à personagem Rita de “Malhação – Toda Forma de Amar” e agora será um dos principais rostos do remake de “Pantanal” / João Cotta-RG
 
02- O “Show da Vida” mostrou para todo o Brasil que Alanis Guillen, atriz de 23 anos, fora a escolhida para viver o icônico personagem de “Pantanal” / GB Imagem
 
03- Alanis Guillen revelou que está tomando sol sem biquíni, para não ficar com marquinhas e fazer bonito na telinha / Sergio Zalis-RG
 
04- Para o autor Bruno Luperi, a atriz escolhida para interpretar Juma precisava ter uma característica indispensável: o olhar da onça. Olhar este que atriz Alanis Guillen revelou ter / Estevam Avellar-RG
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...