MENU

21/09/2021 às 22h59min - Atualizada em 21/09/2021 às 22h59min

Fechados por causa da pandemia, frigorífico e laticínio reabrem as portas no Tocantins

Empresas ficam nos municípios de Combinado e Nova Olinda

Assessoria/ADAPEC
Trabalhadores em atividade no interior da empresa - Foto: Adapec/Governo do Tocantins
  
Após mais de um ano com as atividades interrompidas devido aos impactos causados pela pandemia da Covid-19, duas empresas de produtos de origem animal retomaram as atividades de produção no Tocantins nesta semana.

Elas são o laticínio Natubem, localizado no município de Combinado, e o frigorífico Nossa Senhora Aparecida, em Nova Olinda. Ambos estão registrados no Serviço de Inspeção Estadual (SIE), executado pela Agência de Defesa Agropecuária (Adapec).

De acordo com o presidente da Agência, Paulo Lima, as empresas foram impactadas com a pandemia e o retorno das escolas e de outras atividades impulsionaram a reabertura.

“Estamos dando todo o apoio na área de inspeção e disponibilizando nossas equipes técnicas periodicamente para inspecionar os estabelecimentos e assegurar a inocuidade dos produtos, desde o recebimento da matéria-prima até o transporte”, disse.

O proprietário do frigorífico Nossa Senhora Aparecida, Welbis da Silva Frazão, explicou que foi decidido reabrir a empresa após verificar que o mercado tinha reagido. “Estamos otimistas, a economia está melhorando e, com fé em Deus, tudo dará certo”, afirmou.

Mais produção

O frigorífico Frango Americano ampliou a capacidade de abate e estendeu a produção para o período noturno também nesta semana. Com isso, passou de 80 mil aves/dia abatidas para 100 mil aves/dia.

“O Governo do Tocantins disponibilizou mais servidores para atuar na área de inspeção, assegurar a qualidade dos produtos processados diariamente e a segurança alimentar”, disse o gerente de inspeção animal da Adapec, Antônio Caminha.

A empresa Mix Alimentos, localizada em Palmas, também implantou a segunda escala de produção no horário noturno.

Dados

O Tocantins conta atualmente com 38 empresas registradas no SIE. A certificação possibilita a comercialização dos produtos em todo território tocantinense. Deste total de estabelecimentos, 16 são laticínios, sete são frigoríficos, 12 entrepostos cárneos, mais três entrepostos, sendo de pescado, mel e de produção de ovos.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...