MENU

09/09/2021 às 22h03min - Atualizada em 09/09/2021 às 22h03min

​3º BPM prende acusado de roubar táxi em Imperatriz

Nos últimos dias têm acontecido muitos assaltos contra taxistas e motoristas por aplicativo em Imperatriz

Dema de Oliveira
Assaltante de taxista foi preso no ‘Beco da Baiúca’ - Foto: Divulgação/Redes Sociais
 
Policiais do 3º BPM, agora sob o comando do Major Anderson, prenderam no início da tarde desta quinta-feira (9) um indivíduo que tinha tomado um táxi de assalto, horas antes. 

De acordo com a Polícia Militar, o taxista estava colocando mercadorias no bagageiro do Ford KA branco, quando apareceu o bandido, que não teve o nome revelado, por força da Lei do Abuso de Autoridade, apontou a arma para o trabalhador, obrigou o mesmo a entrar em uma residência e fugiu levando o veículo e os pertences do cidadão. O assalto aconteceu na Rua Pernambuco com Fortunato Bandeira, Nova Imperatriz, na cidade de Imperatriz.

Avisados por meio da Central de Operações de Segurança (CIOPS), os policiais militares da Rádio Patrulha do 3º BPM, caíram em campo, com apoio do Centro Tático Aéreo (CTA), conseguiu visualizar o táxi na BR-010, próximo ao Atacadão. O bandido conduzindo o táxi, seguiu em direção a Ponte Dom Felippe Gregory e fez o retorno em direção ao Parque do Buriti. Os policiais interceptaram o veículo, próximo ao local conhecido por ‘Beco da Baiúca’, onde prenderam o bandido e recuperaram o carro. 

O indivíduo foi apresentado no Plantão Central, onde já estavam reunidos vários taxistas, que diante do quadro, onde vários assaltos a esses profissionais aconteceram em Imperatriz, nos últimos dias, solicitaram ao Major Anderson providências para essa situação. 

O oficial informou aos profissionais do volante que uma série de medidas serão adotadas pelo 3º BPM, para que assaltos, não só aos taxistas, como também as demais classes trabalhadoras de Imperatriz, não aconteçam mais.

Com o bandido, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, cano longo, municiado. Ele foi reconhecido por outras vítimas, inclusive em um assalto a uma loja de celulares, localizada na Rua Ceará, no centro da cidade. 

O elemento foi autuado em flagrante delito e vai responder por roubo qualificado, mediante arma de fogo, de acordo com o artigo157 do Código Penal e pode pegar de 4 a 10 anos de reclusão e multa.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...