MENU

07/09/2021 às 12h23min - Atualizada em 07/09/2021 às 12h23min

Polícia Civil do Ceará prende paraense integrante de organização criminosa

Ascom - PC/MA
SSP/CE
Foto: Ascom-PC/MA
 
Uma ação desencadeada pela Polícia Civil do Ceará (PC-CE) resultou na prisão de um paraense suspeito de integrar uma organização criminosa. A captura ocorreu, na última quinta-feira (2), no bairro Pirambu, na Área Integrada de Segurança 08 (AIS 08) de Fortaleza. O homem é suspeito de ameaçar moradores e comerciantes da região. 

Gustavo Gabriel Moraes de Souza, de 23 anos, o “Guimê”, natural da cidade de Cametá, no Pará, foi preso após investigações desenvolvidas pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). O suspeito já possui antecedentes criminais no Ceará por tráfico de drogas. As investigações apontam que “Guimé” é suspeito de ser o responsável por emitir comunicados, conhecidos como “salves”, com ameaças e orientações do interesse do grupo criminoso. O alvo foi conduzido à sede da Draco, onde foi autuado em flagrante na lei de organizações criminosas. 

Denúncia

Para combater a atuação de grupos criminosos no Estado, a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) conta com a participação da população para repassar informações que auxiliem os trabalhos investigativos. Por isso, a unidade especializada da Polícia Civil do Ceará mantém um número de WhatsApp para receber denúncias de ações criminosas em todo o Estado. A população pode enviar mensagens de texto, áudios, fotos e vídeos para o número (85) 98969-0182.

As denúncias também podem ser feitas, por meio de ligação gratuita, para o 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O sigilo e o anonimato são garantidos.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...