MENU

23/06/2021 às 00h00min - Atualizada em 23/06/2021 às 00h00min

Bastidores

Ficha assinada

Como estava previsto, ontem pela manhã aconteceu em Brasília o ato de filiação do governador Flávio Dino ao PSB. Também se filiou o deputado federal Marcelo Freixo (RJ). Durante seu discurso, o gestor maranhense destacou que “minha vinda para o PSB é um encontro com este momento atual em que autenticamente se exige tanto da militância patriótica e socialista do Brasil. A nossa tarefa não é pequena. Por mais absurdo que seja, o Bolsonaro será candidato à reeleição. Por sobre uma pilha de tragédias, nada de positivo a apresentar e obras não há. Derrotá-lo não é tarefa de poucos, não é tarefa de muitos, é de todos”. Flávio Dino defendeu uma ampla aliança dos partidos contrários ao atual presidente e, para isso, precisam colocar suas divergências de lado. Sobre sua saída do PCdoB, Flávio Dino disse que as “diferenças que hoje temos, de estratégia e tática políticas, são menos importantes do que o meu reconhecimento ao papel histórico do partido na defesa de um novo projeto nacional de desenvolvimento para o Brasil”. 

E…

O PSB está caminhando para fechar uma aliança com o PT de Luiz Inácio da Silva para as eleições de 2022. No início de julho o ex-presidente começa suas investidas para fechar acordo com o novo partido do governador Flávio Dino. Lula vai a Pernambuco se encontrar com o governador Paulo Câmara e o prefeito de Recife, João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, que morreu em agosto de 2014 de acidente aéreo, quando estava em campanha para a Presidência da República. O presidente nacional do PSB é Carlos Siqueira. No Maranhão, o partido está sob a presidência do ex-deputado e ex-prefeito de Timon, Luciano Leitoa, que deve perder o comando da sigla para Flávio Dino.

Será?

Especula-se que com a filiação do governador Flávio Dino, o PSB desistiria de apoiar o senador Weverton Rocha (PDT) ao Palácio dos Leões. Consta que Flávio Dino optaria pela candidatura do atual vice-governador, Carlos Brandão, que há pouco tempo se filiou ao PSDB do senador Roberto Rocha que, por conta disso, vai deixar o partido, possivelmente se filiando ao Patriota, ao qual também se filiará o presidente Jair Bolsonaro. 

Descontrole 

“É inaceitável ser insultado e agredido no exercício das funções de jornalista, que é apurar, perguntar”. A afirmação foi feita pela senadora maranhense Eliziane Gama (Cidadania), ao manifestar solidariedade à repórter da Globo tratada de forma agressiva pelo presidente Jair Bolsonaro. Para Eliziane, Bolsonaro mostra “um descontrole de quem não convive bem com a democracia”.

Números

Conforme boletim divulgado na noite de ontem pela Secretaria de Estado da Saúde, em Imperatriz foram registrados 62 novos casos de Covid. Agora são 16.610 desde o início da pandemia. Dos 72 leitos de UTI, 49 estão ocupados (68,06%) e 23 livres. Dos 194 leitos clínicos, 80 estão ocupados (41,24%) e 114 livres. Foram registrados 2 novos óbitos.   

Transparência 

Segundo o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier, os gestores têm feito um grande esforço para dar transparência à utilização dos recursos destinados ao enfrentamento da Covic-19. “Temos buscado incessantemente deixar o mais claro possível a instrução normativa do TCE sobre a alimentação do Sacop”, ressaltou Xavier. O Tribunal de Contas do Estado concedeu aos municípios mais 15 dias para divulgar dados corretos relativos à utilização das verbas para enfrentamento da pandemia. A extensão do prazo decorreu da rodada de diálogos entre o TCE e a Famem. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...