MENU

19/05/2021 às 00h00min - Atualizada em 19/05/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues

Ruralistas do Maranhão e do Brasilparticipam
em Brasília de ato em apoio ao presidente Bolsonaro

Produtores rurais de todo o Brasil, incluindo caravanas de Imperatriz, Açailândia, Balsas, no Maranhão, e de Parauapebas, Curionópolis, Canaã dos Carajás, Marabá e Paragominas, no Pará, participaram no sábado (15) de manifestação na Esplanada dos Ministérios em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e pela “volta do voto impresso – auditável - nas próximas eleições”.
O Movimento Brasil Verde e Amarelo é organizado por diversas entidades do agronegócio, entre as quais, a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja) e a Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores de Terra (Andaterra).
O presidente Jair Bolsonaro sobrevoou a manifestação de helicóptero e depois chegou ao local do evento, em frente ao Congresso Nacional, montado a cavalo, ao lado dos ministros da Infraestrutura, Tarcísio Gomes; da Justiça, Andereson Torres, da Agricultura, Tereza Cristina; do Turismo, Gilson Machado, e do Meio Ambiente, Ricardo Sales, e de outras autoridades do governo. Ele saudou as pessoas de longe – separadas por uma grade de ferro, pegou criança no colo e em seguida discursou e agradeceu o apoio dos produtores rurais de todo o país.

Armas

Bolsonaro foi bastante aplaudido ao dizer que a classe ruralista o conforta e lhe dar força para mudar o Brasil e que “está cada vez mais legalizando as armas no Brasil”. E agradeceu o apoio dos produtores rurais. “Agradeço a todos vocês por este apoio. Vocês produzem, vocês trabalham e vocês não param. Vocês alimentam mais de 200 milhões de pessoas no Brasil e mais de 1 bilhão de pessoas no mundo. Em qualquer manifestação, sempre estarei, de alguma forma, junto com vocês. Pegamos o país destruído civil, moral e economicamente, mas com coragem nós mudamos o Brasil”, afirmou.
O presidente disse ainda que “o governo não está fazendo nada que não seja de interesse da população”. Segundo ele, “o governo busca soluções” e que “o momento difícil vai passar”, mas que “deixará o país melhor que o que pegou” e criticou a atuação de governadores e prefeitos nesse período de pandemia. Jair Bolsonaro criticou o sistema eleitoral e defendeu o voto impresso nas eleições de 2022 e novamente foi aplaudido por milhares de produtores rurais e caminhoneiros que participaram do ato em Brasília. Bolsonaro fez também duras críticas ao ex-presidente Lula, a quem chamou de “canalha”, acrescentando que “se não tiver o voto impresso auditável, Lula ganha a eleição por fraude ano que vem”.

Ministros

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, agradeceu o apoio do presidente da República ao agronegócio e parabenizou o trabalho da classe ruralista. “Presidente, quero aqui agradecer o seu apoio e o emprenho dos produtores rurais neste ano difícil de pandemia. E dizer, presidente, que o agro não parou um só dia e continuou sempre produzindo para levar alimento para a mesa dos brasileiros”, disse ela, sob aplausos dos produtores.
O ministro da Defesa, general Braga Neto, que também participou da manifestação, afirmou que “o agro é a força do Brasil” e que o “Exército vai protege-los (os produtores rurais) para que possam produzir cada vez mais”. Ele também recebeu aplausos da classe ruralista.
O tricampeão mundial de Fórmula Um, o carioca Nelson Piquet, 69 anos, que mora Brasília, também participou e foi convocado pelo presidente Jair Bolsonaro para fazer uso da palavra. Piquet elogiou a atuação do presidente e parabenizou “o trabalho dos produtores rurais”.

Parauapebas

A presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz), Graziele Ribeiro, comandou uma caravana de 57 pessoas do município que participaram, em Brasília, do Movimento Brasil Verde e Amarelo. Ela disse que “o Siproduz apoia o presidente Jair Bolsonaro e que o agronegócio é a força do país”.
Os pecuaristas Hamilton Ribeiro, Lázaro de Deus Vieira Neto e Marcelo Catalão, de Parauapebas, também participaram da manifestação em Brasília.

Conexão Rural

A cobertura completa da manifestação dos produtores rurais em Brasília estará no próximo fim de semana no programa Conexão Rural da TV Web O Progresso, de Imperatriz (MA); da Rede TV de Parauapebas (PA), da TV Milagro Brasil na parabólica, nos sites parceiros no Maranhão, Paraná, Tocantins e Rondônia, em diversos grupos de produtores rurais e nas redes sociais do jornalista Lima Rodrigues.
 

A G R A D E C I M E N T O

A cobertura do Conexão Rural da manifestação promovida pelo Movimento Brasil Verde e Amarelo, em Brasília, no sábado, dia 15 de maio, contou com o apoio das seguintes entidades, empresas e pessoas:

Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas(Siproduz), na pessoa de sua presidente Graziele Ribeiro;
Associação dos Criadores do Pará (Acripará), na pessoa de seu presidente, Maurício Fraga Filho;
Frigorífico Rio Maria, na pessoa do empresário e pecuarista Roberto Paulinelli;
Arco-Íris Agrosilvopastoril-Nelore, Dr. Gilson Kyt e Gerson Kyt, de Imperatriz, Açailândia, Buriticupu, Grajaú e Itinga, no Maranhão;
Campo – Companhia de Promoção Agrícola, de Brasília, na pessoa de seu presidente, Emiliano Botelho, também proprietário da  Senepol Dom Bedí, de Paracatu (MG);
Soberana Agropecuária de Imperatriz (MA), nas pessoas de seus diretores: Elizete Gobira, Cleyanderson e Guilherme;
Fazenda Fortaleza, de Rondon do Pará, do pecuarista Carlos Magno;
Pecuarista Carlos Mariano, de Canaã dos Carajás (PA)
Produtor rural Antônio Barreto, da Chácara da Ilha, de Eldorado do Carajás (PA);
Empresário e pecuarista Getúlio Vargas, de Parauapebas e Canaã dos Carajás (PA)
E a equipe do Conexão Rural viaja em um Onix adquirido na Disbrava Chevrolet, de Parauapebas (PA), com o apoio da diretora Cláudia Felipe e do gerente de Vendas, Sinval Maia

 

Circuito Nelore de Qualidade 2021 começará por Araguaína

A primeira etapa do Circuito Nelore de Qualidade 2021 será realizada nos dias 31 de maio e 1º de junho em Araguaína (TO), na unidade local do Friboi. A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), promotora do Circuito, já tem confirmada a realização de 36 etapas. Trata-se do maior campeonato de avaliação de carcaças do mundo, que evidencia os resultados do contínuo investimento no melhoramento genético da raça, bem como no manejo nutricional, controle sanitário e boa gestão da atividade.
Esta é a 23ª edição do Circuito. Serão avaliados animais Nelore machos e fêmeas em pelo menos 11 estados (TO, PA, MT, RO, GO, AC, ES, MS, MG, SP e BA), com o apoio da Matsuda Sementes e Nutrição Animal, e Friboi.
“Estamos confirmando a realização de 36 etapas, mas nossa meta é realizar 40 etapas em 2021, com a avaliação de mais de 20 mil animais. Estamos muito animados. O Circuito contribui para o aperfeiçoamento da produção nas propriedades, e para a melhoria da qualidade da carne bovina. Esperamos grande participação de criadores de Nelore dos 11 estados com etapas. É também é uma oportunidade para valorizar os criadores que já fazem um ótimo trabalho”, destaca Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB
Os primeiros abates técnicos promovidos pela ACNB foram realizados em 1999, e a partir de 2003 passaram a ser configurados como um campeonato, ganhando o nome de Circuito. Desde o início das avaliações, mais de 160 mil animais já foram avaliados em 12 estados do país, promovendo a raça Nelore e valorizando os neloristas que produzem animais de qualidade. As etapas confirmadas em 2021 ocorrem em unidades dos frigoríficos Friboi e Frisa.
O Circuito Nelore de Qualidade 2021 incorpora melhorias, como o campeonato “Melhores Lotes de Carcaças de Animais com Pai Identificado”, que objetiva valorizar o uso de genética selecionada, reunindo dados de características de carcaças de progênies de reprodutores Nelore e Nelore Mocho.
Outra novidade: as fêmeas com até 4 Dentes Incisivos Permanentes (d.i.p) e os machos castrados com até 2 d.i.p, com cobertura de gordura na carcaça mediana ou uniforme e peso de carcaça quente entre 16 e 25 arrobas, receberão a medalha Ouro Branco.
Confira o calendário completo e outras informações sobre o regulamento do Circuito Nelore no site da ACNB: www.nelore.org.br/CircuitoNelore. (Texto Comunicação Corporativa – SP).
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...