MENU

31/05/2021 às 00h00min - Atualizada em 31/05/2021 às 00h00min

IMGUINORAPULIS

Capítulo IX

*Republicado a pedidos
**Publicado originalmente em 21 de outubro de 2012

Eu, secretário municipal de Educação

Depois de jogar fora o vidro de remédio receitado, deixei o ZÉ novamente aos cuidados do VIADINO, que já providenciara um chá com ervas do mato. Como tínhamos que nos dirigir até a prefeitura municipal para atender ao chamamento do senhor prefeito, sugeri ao companheiro que eu fosse sozinho, sugestão esta de imediato aceita. Assim tinha que ser, pois o ZÉ sequer conseguia ficar em pé. Era deitado e gemendo o tempo todo. Fui ao banheiro para um banho rejuvenescedor, pois queria me apresentar muito bem ao chefe da municipalidade, muito embora não me fosse possível "vestir a roupa de ver Deus", qual seja aquela que costumamos vestir aos domingos para ir à missa. Esta tinha ficado em casa, pois a nossa intenção era voltar no mesmo dia ao ponto de partida. A tal seta, com o nome VIZITI IMGUINORAPULIS, foi que atrapalhou a nossa viagem e modificou os nossos planos.

VIADINO tratava o ZÉ com um jeitinho todo especial e carinhoso, e assim sendo segui despreocupado em direção ao PALASSO UOSTO LUIZ, sede do poder executivo municipal, e uma justa homenagem do povo ao último presidente da velha república. Mal chego na entrada do prédio e já sou recebido por uma senhora de estatura baixa, um tanto gorda, cabelos curtos e bastante oxigenados, usando óculos do tipo fundo de garrafa. "O DOTO JÁ TÁ INSPERANDO O SIO", dizia, enquanto me acompanhava ao gabinete do prefeito LADRONESIO FURTADO.

Entro no gabinete decorado com alguns quadros e posters gigantes do time do Corinthians, campeão de 1954; do Botafogo, da era Garrincha e Didi; das belíssimas Luiza Thomé, Luma de Oliveira e Vera Fischer, do jeitinho que vieram ao mundo: nuas! Também nas paredes do gabinete algumas frases de impacto, como NUM CUSPA NO XÃO. Encontro sua excelência em sua mesa de trabalho, estendo-lhe a mão direita para o tradicional cumprimento. "É um prazer cumprimentar tão catastrófica figura", são as minhas palavras iniciais.
- BRIGADO! Respondeu o prefeito, demonstrando uma grande satisfação com o "elogio", e continuou a falar: - MANDEI CHAMA O SIO PRA CUMUNICA QUI JÁ SINEI A SUA NUMIAÇÃO. MEU PARABÉNS E UMA FELIZ GESTÃO, SIO SECRETARO!.

Fiquei totalmente perplexo, sem entender patavina daquilo. Secretário, eu? Mas de que? Era eu um ilustre desconhecido na cidade, como então ser nomeado para um cargo sem que fosse conhecida a minha capacidade. Perguntei ao prefeito o porquê da tal honraria e a resposta foi curta e seca: - NUM ERA O SIO QUI TAVA BATENDO PARMA PRA MIM NA HORA QUI DISCURSAVA ONTEM À NOITE? Balancei afirmativamente a cabeça. E o DOTO LADRONESIO FURTADO então complementou: - POIS CUMIGO É ASSIM: BATEU PALMA PRA MIM, NA PREFEITURA TEM UM CANTIM!

Mais uma vez, fiquei surpreendido. Era o senhor prefeito também um poeta, talvez na expectativa de um dia vir a ocupar uma poltrona na Academia Brasileira de Letras. Sua excelência levantou-se da sua cadeira e com os braços estirados sobre os meus ombros me conduziu até uma sala, localizada no fundo do corredor, em cuja porta estava escrito: CECRETARIA DA INDUCASSÃO. E ao abrir a porta foi logo comunicando para as três funcionárias, que na ocasião merendavam pão com garapa. TAQUI O NOVO SECRETARO!

"Nada entendo de educação!", protestei, mas o prefeito foi categórico e decisivo: - NUM TEM PORTANÇA NÃO, SEI OÇO! IMGUINORAPULIS TAMBÉM É BRASIL, E QUANDO NOIS QUER IMPREGAR ARGUEM, QUI NUM SABE FAZE NADA, O DISTINO É A INDUCASSÃO!, e mais parecendo o Senhorzinho Malta, aquele personagem de Dias Gomes na novela "Roque Santeiro", me perguntou: - TO CERTO OU TO ERRADO?

"Certíssimo!", respondi. E tinha outro jeito?

Link
JAURO GURGEL

JAURO GURGEL

JAURO José Studart GURGEL, durante muitos anos Editor Regional de O PROGRESSO, em Araguaína (TO),

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...