MENU

30/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 30/03/2021 às 00h00min

Bastidores

  

FPM

Conforme informação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), mais de R$ 3.282.190.480,16 serão repassados aos cofres municipais, nesta terça-feira, 30 de março, por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Com base nos dados divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a CNM calcula aumento de 6,68% em comparação com o mesmo repasse feito ano passado. O mês fecha 25,57% maior. Se aplicar a inflação do período, o montante da base de cálculo dos Impostos de Renda e de Produtos Industrializados (IR e IPI) de 11 a 20 do mês teve crescimento de apenas 1,48%. Além disso, com a retenção constitucional de 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o repasse do mês será de R$ 2.625.752.384,13. Em março passado, os Entes municipais receberam R$ 7,5 bilhões. Agora, o valor de R$ 9,4 bilhões eleva o FPM do mês em 25,57%, mas, quando se aplica a inflação, o resultado positivo reduz para 19,45%. Até o momento, a parte municipal dos impostos arrecadados foi positiva, com crescimento de 20,76 e de 9, 54 em janeiro e fevereiro, respectivamente. O total repassado em 2021 está 17,07% maior ou 11,52% com a inflação.

Agasalhando

Os que não ficaram sem mandato pós-eleição 2020 estão sendo agasalhados no governo do estado. Claro, os comunistas, como é o caso, agora, do ex-vice-prefeito de São Luís, professor Júlio Pinheiro (PCdoB), que foi presidente do Sinproesemma. Ele foi nomeado adjunto de Assuntos Metropolitanos na Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), sob o comando do deputado federal licenciado Márcio Jerry (PCdoB).

E…

Uma virtude do governador Flávio Dino (PCdoB) é não deixar companheiro na chapada. Sempre está disposto acomodá-lo em um cargo. Nomear aliados não é ilegal, mas de forma exagerada já se torna imoral. Mas não é “privilégio” somente de Flávio Dino fazer o estado de cabide de emprego, porque os mandatários das outras unidades também fazem a mesma coisa. Inclusive o presidente da República. Segue o jogo... 

Plebiscito

De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o governador Flávio Dino disse que “2022 será um plebiscito sobre o Bolsonaro. Vamos votar sim ou não para o que está aí”. Dino, como se sabe, é um dos articuladores da frente com o objetivo de vencer o presidente da República. Jogo duro. 

Ele disse

“Entre perplexo, revoltado, preso de um medo que cada vez se prolonga mais, o Brasil assiste entre preces e lágrimas ao anúncio dos recordes mundiais que alcançamos em mortes provocadas pela Covid”. Ex-presidente José Sarney, ao iniciar o seu artigo “O amor e um mundo de paz”, publicado neste final de semana.

Normal

Sem surpresa o resultado da pesquisa Escutec, realizada no Maranhão, para presidente da República. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria Bolsonaro facilmente no estado, com 54% das intenções de votos, contra 20% do presidente. Como se sabe, Bolsonaro ganhou no Maranhão em apenas três municípios – Imperatriz, Açailândia e São Pedro dos Crentes. E não estava disputando com Lula, e sim com Fernando Haddad. Portanto, o resultado da pesquisa não poderia ser outro. 

Adiantada 

A cidade de Marabá-PA já vai iniciar nesta terça-feira a vacinação das pessoas com 60 anos. Enquanto isso, Imperatriz ainda vacina os acima de 70. Marabá tem quase o mesmo número de habitantes de Imperatriz. A cidade paraense já registrou 16.236 casos de Covid, mas os óbitos são 311, a metade do registrado em Imperatriz, que tem menos casos de Covid – 12.786 até o boletim deste domingo, 28. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...