MENU

25/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 25/03/2021 às 00h00min

Bastidores

 

Olha aí!

Conforme números do Instituto Exata, divulgados pela rádio Difusora FM, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) aparece liderando a corrida eleitoral pelo Governo do Estado, embora venha manifestando o desejo de não disputar o Palácio dos Leões em 2022. A pesquisa apontou Roseana com 30% das intenções de votos, seguida por Weverton Rocha (PDT), com 20%, o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), com 10%, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) com 7%, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) com 6% e o prefeito Dr. Lahésio (PSL), com 5%. O índice de indecisos é de 13%; outros 9% declararam que votariam branco ou nulo. O levantamento foi feito junto a 1.403 pessoas, entre 11 e 14 de março. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. Mas Roseana não demonstra interesse em concorrer ao governo. Pode ser candidata à Câmara dos Deputados, porque para o Senado tem um forte concorrente, o governador Flávio Dino (PCdoB), e no próximo ano estará sendo disputada apenas uma cadeira, atualmente ocupada pelo senador Roberto Rocha. Roseana foi governadora por quatro mandatos, sendo dois consecutivos. Em 2014 não se candidatou, porque já era reeleita, e o seu grupo lançou Edinho Lobão, que perdeu para Flávio Dino. Nas eleições de 2018, ela decidiu disputar o governo pela quinta vez, mas foi derrotada pelo governador reeleito. Os números da pesquisa Exata podem até animar Roseana a tentar voltar ao governo, mas vale ressaltar que o resultado é do momento. Até 2022 o quadro pode mudar, favorável a outro pretendente. 

E...

Em um cenário sem Roseana Sarney, a pesquisa Exata aponta Weverton Rocha com destacada vantagem sobre os adversários. Ele aparece com 32%, contra 16% de Carlos Brandão e 13% de Josimar de Maranhãozinho. Nulos e brancos somariam 20%; outros 19% não quiseram ou não souberam responder.

Senado

Ainda de acordo com a pesquisa Exata, para o Senado quem lidera é o governador Flávio Dino (PCdoB), que dificilmente terá um adversário capaz de vencê-lo. Ele obteve 45% das intenções de votos, contra 18% da ex-governadora Roseana Sarney, 16% do senador Roberto Rocha, 6% do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e 4% do presidente da Assembleia, Othelino Neto. O percentual de Dino sobe para 52% quando Roseana e Othelino são retirados da lista da pesquisa. Roberto Rocha fica com 22% e Josimar de Maranhãozinho 9%.  

Festejando

Os esquerdistas maranhenses, especialmente do PT e PCdoB, vibraram com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou o ex-juiz Sérgio Moro suspeito para ter julgado o ex-presidente Lula nos processos da Lava Jato. O governador Flávio Dino, por exemplo, afirmou que “hoje o Supremo encerrou um triste capítulo da história do Direito no Brasil. Um juiz parcial, que persegue ilegalmente um acusado, é incompatível com o Estado de Direito. Seus atos são nulos e imorais. Só lamento que tais atos geraram lesões irreparáveis para Lula e para o Brasil”. Para o deputado estadual Zé Inácio (PT), “Moro agiu com parcialidade e violou princípios constitucionais no julgamento do ex-presidente, quebrando o dever de imparcialidade e usando a operação Lava Jato para perseguir politicamente Lula”.

Hospital

O presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Antônio Pereira (DEM), protocolou requerimento na sessão desta terça-feira, pedindo ao governador Flávio Dino e ao secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula, a instalação de um hospital de campanha no município de Montes Altos. Antônio Pereira ressaltou que o hospital de campanha é extremamente necessário para atender centenas de pessoas que estão sendo vítimas da Covid-19 em Montes Altos e outros seis municípios do Sertão Maranhense. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...