MENU

16/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 16/03/2021 às 00h00min

Bastidores

CPI

Ontem pela manhã a Assembleia Legislativa do Maranhão escolheu o comando da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada para investigar supostos aumentos abusivos dos preços dos combustíveis no estado. Autor da proposta de instalação da CPI, o deputado Duarte Júnior (Republicanos) foi escolhido presidente, ficando a relatoria com o deputado Roberto Costa (MDB). Para a vice-presidência foi definida Ana do Gás (PCdoB). Uma das primeiras medidas da Comissão será requerer à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ) informações sobre as distribuidoras de combustíveis. A CPI renderá algum resultado positivo ou terminará em pizza como tantas outras CPIs instaladas no Maranhão e em Brasília? É aguardar. 

Pesquisa 

Embora as eleições ainda estejam longe, o Grupo Mirante já anuncia a realização e divulgação, até o fim de março, da primeira pesquisa de intenção de voto sobre a sucessão do governador Flávio Dino (PCdoB), cujo pleito acontecerá no início de outubro de 2022. Já estão pintando vários pré-candidatos, entre eles os senadores Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (Cidadania) e Roberto Rocha (sem partido); o vice-governador Carlos Brandão (PRB), o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) e o prefeito de São Pedro dos Crentes Lahésio Bonfim (PSL).

Ele disse

“Cruel ver tratar-se agora de outras coisas, todas menores diante do desafio que estamos vivendo. Nada existe para discutir neste momento senão a Covid-19 – a vida e a morte, a vida que precisa vencer a morte – e a desgraça de ver nosso país tendo como marca mundial uma coroa de defuntos”.   Do ex-presidente José Sarney, encerrando o artigo “As flores do coração”, publicado neste final de semana no jornal O Estado do Maranhão.

Única casa

Conforme revelou a O PROGRESSO, o ex-prefeito Sebastião Madeira não pretende deixar o PSDB, devido a saída do seu amigo senador Roberto Rocha. Agora o partido passa a ser comandado no estado pelo vice-governador Carlos Brandão (ex-PRB), que já havia integrado a sigla, pela qual se elegeu deputado federal e vice-governador no primeiro mandato. Mas Madeira está pensando correto, afinal é fundador do PSDB em Imperatriz, seu único partido em toda a carreira política. E já pertenceu ao grupo ao qual volta a se integrar, liderado pelo governador Flávio Dino (PCdoB). Portanto, a casa está quieta e o povo dentro, como dizia o saudoso jornalista Aldeman Costa.

E…

Quais os outros tucanos que ficarão e os que poderão acompanhar o senador Roberto Rocha? O ex-candidato a vereador Richardson Lima já avisou que permanecerá no ninho tucano. Rocha ainda não definiu o seu novo partido.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...