MENU

06/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 06/02/2021 às 00h00min

SITUAÇÕES TÃO MELODRAMÁTICAS


​É o retrato falado! De mamando a caducando. Se convive com um povo sem saber que a cultura corresponde a um conjunto de hábitos e costumes.

Não vamos apropriar-se de outras etnias não. Ficar mesmo com o Brasil varonil. Imperatriz não é diferente de qualquer tonalidade.

Vamos lá:

A prefeitura está implantando o sistema de zona azul para estacionamento. Está certo? Pelo lado da organização, sim. Até porque este trânsito daqui é uma zorra total. Só pagando aprende dar valor de acomodar-se.

Muitas coisas feitas erroneamente, como táxi-lotação, porque não oferece meia passagem, não transporta cadeirante, o idoso não usufruir de seus direitos de ir e vir.

Mas o legislativo municipal, supra sumo de competência, manifestou seu bem estar coletivo, por sua maioria, tornando-se em lei esse meio de transporte. 

A vigilância sanitária faz vista grossa para os esgotos jogados a céu aberto nas principais ruas da cidade, principalmente onde tem casas de pássaros e venda de comida, comercializada aleatoriamente.

O órgão público do município (prefeitura), preocupado com saneamento básico da cidade, construiu em parceria política, um camelódromo ali na praça Tiradentes, com o objetivo de tirá-las das ruas da cidade bancas de comida, principalmente da Avenida Bernardo Sayão.

Pouquíssimos saíram, porque vários parlamentares municipais garantiram suas permanências, com total desrespeito ao poder público e demais autoridades, e pela proteção à saúde. Ainda, com um ínterim, para locupletar esse interessante projeto, um legislador intitulado de mecenas das causas culturais, estabeleceu por lei o feriado municipal louvando ao “Dia da Panelada”. Muito linda a iniciativa popular do edil preceptor.

Já a Avenida Moacir Spósito, que dá acesso ao aeroporto Renato Moreira, área de segurança nacional, está servindo de orgia para se divertirem com muita música, cachaça, droga e prostituição, nas barbas da Polícia Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Aeronáutica e Infraero. 

Sabe quem são os penalizados? O pessoal que faz cedo suas caminhadas naquele local, idosos, à mercê da irresponsabilidade de muitos, sem ter para quem recorrer.

O Mercado do Peixe, construído depois de muito lenga-lenga, veio até ministro para o assentamento da pedra fundamental; passou quase 10 anos de obra parada.

Por fim, terminaram, deixando de lado o acessório principal para os pseudo pescadores, as geleiras, para depósito do que não existe mais no Rio Tocantins (peixes). 

Cabe perguntar: Qual é o papel do vereador? Entendo que é a ligação entre o governo e povo… fiscalizar. 

Com a colaboração de agentes, povo e políticos, a cidade continua vivendo ao caos dos desserviços, não respeitam, principalmente, à situação momentânea que atravessarmos com perdas de vidas diante da moléstia impiedosa que ataca a humanidade.

Infelizmente a dramaticidade tem muitos significados contraditórios, diversas ocorrências variadas e distintas.

Sem compromisso é impossível se tornar uma cidade melhor!
                                       
  FUI!!!
Link
BANDEIRA NETO

BANDEIRA NETO

Nelson BANDEIRA NETO é cronista e funcionário do SESI-Serviço Social da Indústria

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...