MENU

03/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 03/02/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues


Alysson Paulinelli é indicado ao Prêmio Nobel da Paz

O ex-ministro da Agricultura, Alysson Paulinelli, foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz pelo seu trabalho no fortalecimento da agricultura e no combate à fome no Brasil e no mundo.

Alysson Paulinelli, de 84 anos, é mineiro de Bambuí, professor, engenheiro agrônomo, formado pela Universidade Federal de Lavra, em Minas Gerais, especializado na região do cerrado para a produção agrícola; fundador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); ex-secretário de Agricultura de Minas Gerais, ex-ministro da Agricultura e ex-deputado federal Constituinte.

Incentivador da pesquisa

Paulinelli sempre foi incentivador da pesquisa, ciência e tecnologia e chegou a implantar um programa de bolsa de estudos para estudantes brasileiros em diversos centro de pesquisa em agricultura pelo mundo, especialmente nos Estados Unidos.

Em 1978, foi um dos fundadores em Brasília da CAMPO, juntamente com o amigo Emiliano Botelho, e até hoje é o presidente do Conselho Consultivo da empresa, que tem atuação no Brasil e na África na área de projetos agrícolas.

Alysson Paulinelli já ganhou inúmeros prêmios, condecorações e homenagens no Brasil e no exterior, incluindo o Prêmio World Food Prize, o equivalente ao Nobel da Alimentação, que ele conquistou em 2006.

Abramilho

Atualmente, o ex-ministro é presidente executivo da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), diretor da Verde AgriTech, e coordena o Projeto Biomas Tropicais, por acreditar que a ciência tem capacidade para comandar o mapeamento dos biomas, com soluções tecnológicas, com o objetivo de ampliar a produção de alimento no Brasil e no mundo, principalmente na África. O ex-ministro acredita que o Brasil pode aumentar esta produção de alimentos sem precisar desmatar uma árvore e emitindo menos gases de efeito estufa e com mais inclusão social.

ESALQ

A candidatura de Alysson Paulinelli foi lançada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESPA), por iniciativa do também ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues.

A indicação do nome de Alysson Paulinelli para concorrer ao Prêmio Nobel da Paz foi protocolada dia 22 de janeiro deste ano junto ao Conselho Norueguês do Nobel pelo diretor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – ESALQ, da Universidade de São Paulo – USP, Durval Dourado Neto. A indicação tem o apoio de 119 instituições do Brasil e do exterior, representando 24 países.

Conexão Rural

Nós conversamos com o ex-ministro Alysson Paulinelli, terça-feira à tarde, via zoom, direto de sua fazenda lá em Baldim, pertinho de Belo Horizonte (MG), e a entrevista irá ao ar no Conexão Rural no próximo fim de semana. Ele falará da indicação para o Prêmio Nobel da Paz, explicará o que é o Projeto Biomas Tropicais? O que é e como se desenvolveria o Instrumento de Libertação dos Povos Tropicais? E como o Brasil chegará a 2050 produzindo 620 milhões de toneladas de alimentos, ou seja, o dobro da produção do país atualmente, entre outras respostas.

Aliás, o Conexão Rural traz ainda depoimentos de produtores rurais e presidentes de entidades do agronegócio sobre a indicação do mineiro Alysson Paulinelli ao Prêmio Nobel da Paz.

Reza de São Sebastião
Vamos reapresentar a reportagem sobre a Reza de São Sebastião, realizada na Fazenda Canto de Areia, no município de Araguatins, no Tocantins, dia 20 de janeiro de 2019. Em 2020 não gravei o tradicional evento religioso e neste ano, por causa da pandemia, não houve a reza de São Sebastião lá no Canto de Areia.

A parte musical do programa ficará por conta da dupla de Rio Maria, no Pará, Jotta Lima e Juliano.

Programa Vetoquinol Resolve oferece soluções e serviços exclusivos
para atender às necessidades dos pecuaristas brasileiros

Lançado em 2020 pela Vetoquinol Saúde Animal, uma das 10 maiores empresas de saúde animal do mundo, o movimento Vetoquinol Resolve consolida-se como uma intensa prestação de serviços e soluções, atendendo as principais necessidades dos pecuaristas brasileiros.

“Trata-se de um movimento em prol da evolução da produtividade da pecuária de corte e leite no Brasil. Nosso objetivo é levar um pacote de serviços e soluções diferenciadas ao campo, resolvendo os principais problemas sanitários dos rebanhos, produzindo mais em menos tempo, permitindo ao produtores obter melhores índices zootécnicos com a oportunidade de mais lucro, além de assegurar a saúde dos animais para produção de carne e leite de qualidade e mais seguros para o consumo humano”, explica Humberto Moura, gerente de produtos de animais de produção da Vetoquinol Saúde Animal.

O Movimento Vetoquinol Resolve já está presente em todo o país, levando conhecimento e informações sobre saúde animal às principais  revendas agropecuárias, auxiliando pecuaristas em suas principais necessidades, como definição do controle parasitário mais adequado à realidade de cada propriedade, em especial o controle de carrapatos, vermes e moscas. “Isso quer dizer que o nosso time técnico está preparado para auxiliar os pecuaristas em sua lida diária na busca de melhores índices de produtividade com mais lucratividade por hectare”, detalha Antonio Coutinho, gerente de produtos de animais de produção da Vetoquinol Saúde Animal.

Além do amplo portfólio, a Vetoquinol dispõe de um time de profissionais qualificados para o atendimento dos clientes, pecuaristas e revendedores. Assim, possibilitando o atendimento personalizado incluindo assessoria sanitária às propriedades estruturando o melhor programa parasitário, capacitação e treinamento dos profissionais rurais e dos parceiros revendedores.

“Nosso foco não é apenas oferecer produtos. Nossa prioridade é criar relacionamentos duradouros com os produtores, levando informações essenciais para o dia a dia das fazendas. Estamos muito satisfeitos com o resultado alcançado neste ano”, complementa Coutinho. (Texto Comunicação -  SP).

Syntec do Brasil ingressa no seleto mercado de vacinas animais
com o lançamento da Get Vacina, contra Influenza Equina e Tétano

A Syntec do Brasil, empresa nacional de produtos de excelência para saúde animal, anuncia sua entrada no desafiador e importante segmento de vacinas. Este investimento fortalece o seu portfólio, que passa a contar com soluções ainda mais completas, inovadoras e eficazes para os médicos veterinários, proprietários e criadores de bovinos, equinos e pequenos animais.

“Na contramão do mercado, a Syntec torna-se uma das poucas indústrias veterinárias 100% brasileiras a ingressar em um segmento extremamente relevante, difícil e especializado. É realmente um orgulho fazer parte do restrito grupo de indústrias veterinárias que atuam na prevenção de doenças animais”, destaca Sérgio Takano, diretor executivo da Syntec.

Get-Vacina, contra influenza equina e tétano, representa o primeiro lançamento da Syntec no segmento de biológicos. A novidade tem tecnologia nacional e foi desenvolvida para proporcionar segurança, eficácia e bem-estar animal.

A primeira vacina da Syntec é composta por vírus inativado de influenza e toxóide tetânico é aprovada para uso em equinos de todas as idades: potros após a desmama, animais adultos e éguas prenhas (com orientação do médico veterinário). Mais informações: www.syntec.com.br. (Texto Comunicação -  SP).
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...