MENU

21/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 21/01/2021 às 00h00min

Bastidores

 
Começando 
As eleições 2022 ainda estão longe, mas já começam a causar divisões no grupo liderado pelo governador Flávio Dino (PCdoB). É que no grupo há dois pretensos candidatos ao Palácio dos Leões, o vice-governador Carlos Brandão (Republicanos) e o senador Weverton Rocha (PDT). Revela-se que pelo menos dois dinistas já estariam decididos a se afastar de Weverton. Seriam os secretários de Estado Rogério Cafeteira (Esporte e Lazer) e Felipe Camarão (Educação). Filiados ao DEM, eles estariam saindo para se filiar ao Republicanos de Carlos Brandão ou ao PSB. Ressalte-se que o DEM está com Weverton. Isso será só o começo. Inevitável um racha se realmente saírem dois, ou até mesmo três, candidatos do grupo. É aguardar.

Repasse 
Ontem as prefeituras receberam a parcela referente a 2020 autorizada pela Lei Complementar 176/2020 (Lei Kandir). O valor a ser repassado a Estados e Municípios chega a R$ 868.453.614,34. A prefeitura de Imperatriz receberá de compensação da Lei Kandir R$ 1.523.588,83.  Conforme informação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), os repasses chegam a R$ 58 bilhões até 2037. A partir deste ano, os valores anuais serão pagos em doze cotas, transferidas mensalmente. 

Comunicação
Revela-se que o jornalista Ricardo Capelli seria o novo secretário Estado da Comunicação do governo Flávio Dino. Ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), ele estava atuando como representante do governo maranhense em Brasília. Capelli já trabalhou no Ministério dos Esportes, no Governo do Rio de Janeiro e na Secretaria Municipal de Nova Iguaçu.

Olha aí
O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, está alertando para a importância da segunda dose da vacina contra a Covid-19. As pessoas que já estão sendo vacinadas precisam retornar em 21 dias para receber a segunda dose, caso contrário a vacina estará desperdiçada. “Daqui três semanas terá a segunda dose. Se não tomar, pode desperdiçar a vacina”, observou Carlos Lula. Ontem, o governo do estado concluiu a distribuição das vacinas nos 217 municípios. No primeiro dia as doses chegaram em 160 municípios, demonstrando o grande esforço que o governo estadual fez para que a vacina fosse entregue o mais rapidamente possível em todo o Maranhão. 

Vacinando
Ontem, a vacinação contra a Covid-19 em Imperatriz teve como alvo os servidores do Hospital Municipal de Campanha, da UPA São José e UPA Estadual. Nesta quinta-feira, a vacinação será nas alas Covid-19 do Socorrão, Socorrinho e Materno Infantil. Amanhã, no Samu e Macrorregional. A prefeitura recebeu 3.260 doses da vacina CoronaVac na tarde de terça-feira, quando dez pessoas foram vacinadas. Primeiro serão atendidos grupos prioritários, como trabalhadores dos serviços de saúde, idosos, deficientes e indígenas. 

Monitoramento
A ministra Cármen Lúcia requisitou informações da Secretaria de Governo (Segov) e da Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência da República na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 765, ajuizada pelo Partido Verde (PV) para impedir a produção, pelo governo federal, de relatórios criados a partir do monitoramento de redes sociais de parlamentares e jornalistas. Na decisão, a ministra solicita que as informações sejam enviadas, com urgência e prioridade, no prazo máximo e improrrogável de 48 horas. 

Liberdade de expressão
Na ADPF, o Partido Verde argumenta que o monitoramento de redes sociais de parlamentares e jornalistas é uma grave lesão ao preceito da liberdade de expressão, da manifestação do pensamento e do livre exercício profissional. A ação baseou-se em matéria da revista Época que noticiou que pelo menos 116 parlamentares tiveram suas redes sociais monitoradas a pedido da Segov (105 deputados federais, nove senadores, uma deputada estadual e um vereador). Segundo o partido, há, na prática, indícios de desvio de finalidade na contratação de empresa privada com verba pública, motivo pelo qual informa que o Ministério Público solicitou que o Tribunal de Contas da União (TCU) apure se a medida atende ao interesse público.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...