MENU

20/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 20/01/2021 às 00h00min

Bastidores


Vacinação
Ontem à tarde o prefeito Assis Ramos e a equipe da Secretaria Municipal de Saúde concederam entrevista coletiva para informar todos os detalhes sobre logística, grupos prioritários e locais de aplicação das vacinas contra a Covid-19. Na oportunidade houve a vacinação de três pessoas – um enfermeiro, uma médica e uma indígena. Pela manhã, o governo do Estado providenciou o envio do lote de vacinas para municípios que integram a Regional de Saúde. São 17.332 doses. O primeiro lote é para atender grupos prioritários, como trabalhadores dos serviços de saúde, idosos, deficientes e indígenas. A vacina CoronaVac chegou na noite de segunda-feira em São Luís e foram aplicadas as primeiras doses. Cinco pessoas foram vacinadas, com a presença do governador Flávio Dino. Foram um técnico em enfermagem, uma indígena Guajajara, uma médica infectologista, um fisioterapeuta e uma enfermeira. Ontem, o primeiro município do interior a receber as doses foi Primeira Cruz. O transporte foi feito por helicóptero. São três fazendo o trabalho, além de três aviões e 30 carros.

E…
Do primeiro lote, são apenas 3.260 doses de vacina para Imperatriz. Para o estado todo vieram somente 164.240. A quantidade de doses mostra que a vacinação será feita de forma gradativa. Não haverá uma vacinação em massa de imediato, porque não há vacina suficiente. Portanto, o jeito é ter calma e se prevenir, à espera de sua vez. Há várias etapas com as prioridades.

 São Luís
O prefeito Eduardo Braide (Podemos) decidiu antecipar o início da vacinação contra a Covid-19, em São Luís. O início estava marcado para hoje, entretanto, pela manhã Braide decidiu que a vacinação começaria ontem, a partir das 14h. A primeira vacinada foi uma técnica de enfermagem. 

Olha aí!
Com uma história política marcada pela cassação de vários prefeitos, Açailândia está “pegando fogo” devido uma briga pela presidência da Câmara Municipal e já resultou até em “cassação” do mandato de nove vereadores. Sustentado por decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão, o vereador Josibeliano Chagas Farias, mais conhecido como Ceará, está presidindo a Casa e nesta semana extinguiu o mandato de 9 vereadores, empossados na sessão de posse e eleição da nova mesa diretora, no dia 1º de janeiro, mas que foi anulada pela justiça. A sessão de posse reconhecida foi a realizada às 10h do mesmo dia, em que Ceará foi eleito presidente da Casa. O imbróglio prossegue na justiça.

Carnaval, não!
Quem terá coragem de peitar o Ministério Público do Maranhão? O órgão destinou Recomendação a todos os Municípios do estado, solicitando observação imediata de normas e condutas para evitar a proliferação da Covid-19 durante o período do carnaval, bem como enquanto perdurar a pandemia. Conforme o documento, não devem ser promovidos eventos que possam ocasionar qualquer tipo aglomeração. Também orientou os órgãos a negar licenças e autorizações para festividades e demais eventos privados que possam ocasionar aglomeração.  

Dispensa
De autoria do deputado tocantinense Tiago Dimas (Solidariedade, Projeto de Lei dispensa os partidos políticos de registrar em cartório civil as alterações programáticas ou estatutárias. Assim, os documentos seriam encaminhados diretamente ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A proposta também determina que, além das mudanças programáticas ou estatutárias, os partidos entreguem ao tribunal as atas e os demais documentos de órgãos de direção partidária nacional, estadual, distrital e municipal.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...