MENU

16/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 16/01/2021 às 00h00min

AS CONSEQUÊNCIAS DE CONSUMO


Tudo no mundo tem consequências, ainda mais agora, na luta ao combate a esse maldito e impiedoso covid-19, que trouxe à tona versões de outros vírus transmitidos por animais silvestres.

Pelo que a história traz de conhecimento, é que na África do Sul da Europa e sudoeste da Ásia, a população está abaixo da linha de pobreza e lá comem de tudo (morcego, lagarto, formigas, sapo, macaco, cobra, tatupeba...) 

O morcego, de fato, já se sabe há décadas da ligação entre ele e vários vírus emergentes, como a raiva ébola e outros. 

No entanto, os animais silvestres, talvez, os mais degustados pelos admiradores que gostam de quebrar tabus e padrões pelo exótico, comendo paca e tatupeba, feito no leite de coco, que se diga de passagem, bem gostoso.

Todavia, esquecem-se que eles podem transmitir doenças, como micoses, salmonelose, criptococose, dermatite, histoplasmose e leptospirose. São portadores de doenças perigosas.

Ainda mais o tatupeba, é um forte disseminador da bactéria que causa o mal de Hansen (lepra).

Faz-se recordar o passado, que nas barrancas do Rio Tocantins tinha como mata ciliar as embaubeiras, ingazeiras, sarã, em que os camaleões comiam suas folhagens como forma de alimento natural.

Não era pouco não essa família de lagartos. O que aconteceu: os farofeiros de finais de semana mataram tudo para fazer tira-gosto de cachaça, por certo, além de cometerem um crime ambiental, exterminaram quase totalmente com a espécie. 

Além do mais, quase todas as doenças são transmissíveis; o pior que o justo paga pelo pecador.

Mas o autoconhecimento é o caminho! Um dia, ao olhar para trás, o homem verá o rastro de destruição que ele deixou na natureza...

Nesse dia haverá apenas a dor da sua própria consciência.

Esses animais são vetores de doenças humanas e pragas agrícolas, auxiliando no controle biológico que poderiam ameaçar a saúde das criaturas. 

As consequências de consumo geram a emissão de gás poluente e a inevitável poluição geral.

(“”) A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Enfim, chegou o momento tão aguardado por todos. Bom fim de semana!   
                                                                                                                     
                                 Até à vista
Link
BANDEIRA NETO

BANDEIRA NETO

Nelson BANDEIRA NETO é cronista e funcionário do SESI-Serviço Social da Indústria

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...