MENU

01/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 01/01/2021 às 00h00min

ANO NOVO QUE SEJA NOVO...


... Pois é tempo de melhorias, de gratidão e de criar propósito para o ano de 2021.

O ano que acaba de se encerrar foi sem semelhança com nenhum outro. O mundo foi contaminado pela pandemia (covid-19) que até hoje afronta a humanidade e a ciência.

Em nossa cidade não foi diferente. Perdemos familiares, amigos, deixando uma grande lacuna inesquecível para todos os machucados por essa doença impiedosa.  

Vamos orar e pedir ao Pai celestial que os governantes deste planeta terra deixem as picuinhas e diferenças de lado, unam-se em busca de uma vacina que venha imunizar a humanidade.
Infelizmente, todo processo é de caráter político; e só quem leva o prejuízo é a natureza humana em relação aos desfavorecidos.

Aqui no Brasil se discute briga até para fazer um “caché” para ser receitado em prol da saúde brasileira.

Certos homens públicos que dirigem os seus munícipes, beneficiados com dinheiro carimbado para dar ânimo e melhorar o atendimento da população, não. Mete a mão e dissuadindo para outras finalidades, até pessoais.
 
É obrigado ter a incumbência; essa qualidade é de alguém que administra o erário possa ser ponderado de (responsabilidade).

Aliando-se ao valor essencial do ser humano, que depende o respeito que todos devem ter uns com os outros, denominada de (dignidade).

Por fim, essa obrigação assumida, comprometimento, que todos juram antes de assumirem (compromisso).

Essa trilogia é ouvida por todos os meios de comunicação quando se dispõe a candidatar há qualquer cargo público...

Se não fosse a amnésia dissociativa que são contemplados depois de eleitos, senão pelo menos se postaria como executivo e representantes políticos harmonizados.

Toda cidade tem as sementes dos sonhos, cresçam e floresçam!

Que seja Novo! Que venha uma chuvarada de alegrias e realizações!

Isso é o desejo que a população almeja em ter outorgado e confiado os seus respectivos mandatos.

Sempre lembrando, que o conceito de política tem a ver com organização, direção e administração – para gerenciar os negócios públicos.

Adaptar-se é preciso...

Como bem disse o grande mestre (teólogo, jurista e poeta) – RUMI:

“Levante suas palavras, não sua voz. É a chuva que faz as flores crescerem, não os trovões”.

                            Assim seja ...
Link
BANDEIRA NETO

BANDEIRA NETO

Nelson BANDEIRA NETO é cronista e funcionário do SESI-Serviço Social da Indústria

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...