MENU

22/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 22/12/2020 às 00h00min

Bastidores


Olha aí!
Pretenso candidato à sucessão de Flávio Dino (PCdoB), o vice-governador Carlos Brandão (PR) começou a sua andança pelo Maranhão antes do que se pensava. Para massificar o nome, Flávio Dino deu a ele a incumbência de vistoriar, anunciar e entregar obras. Na sexta-feira, em Imperatriz ele e o secretário da Infraestrutura, Clayton Noleto, assinaram a ordem de serviço para o início a obra do Socorrão. Ontem pela manhã participou da entrega do novo Farol do Saber “Sálvio Dino”. O prédio foi totalmente reestruturado, com acervos renovados, climatizado e acesso à internet. À tarde, Carlos Brandão esteve na sede da Academia Imperatrizense de Letras (AIL), também reformada. Foi ainda a São Francisco do Brejão inaugurar a unidade escolar Professora Maria Pinheiro de Souza e o sistema de abastecimento de água. Portanto, daqui pra frente não se espante com a ausência de Flávio Dino para que o vice seja o alvo dos holofotes em inaugurações e outros eventos do governo. Brandão tem um concorrente forte dentro do grupo do Palácio dos Leões, o senador Weverton Rocha (PDT), que já avisou só admitir abrir mão se o candidato for o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que deixa o cargo dia 1º de janeiro.   

Será?
Em entrevista ao jornalista José Filho, o ex-prefeito Ildon Marques disse que não votaria em um comunista à Presidência República. Como se sabe, Ildon é aliado do governador Flávio Dino (PCdoB), que tem pretensão de disputar o Palácio Alvorada. Será se ele não votaria no aliado? Ou a eleição municipal de 2020 já provocou um esfriamento entre os dois? Flávio Dino apoiou Marco Aurélio. Ainda na entrevista, Ildon informou que vai continuar na político-partidária, mas não disputará mandato.

Perguntar não ofende
Quando a prefeitura concluirá o recapeamento da rua Luiz Domingues? A obra começou antes das eleições e está parada.

Segue a novela...
Na semana passada o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-M) indeferiu pedidos de condenação do governador Flávio Dino por abuso de poder no caso da “farra dos capelães” e das denúncias de uso eleitoral do programa “Mais Asfalto” e de meios de comunicação. Os pedidos foram feitos pela coligação “Maranhão quer Mais”, que tinha como candidata a ex-governadora Roseana Sarney (MDB).  Agora a coligação protocolou embargos de declaração aos acórdãos do TRE nos julgamentos em que foram rejeitadas as duas ações. Mais um capítulo da novela Eleições 2018.

Secretariado
Ontem o prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou mais nomes para o seu secretariado. São a historiadora Kátia Bogéa (Fundação Municipal do Patrimônio Histórico); a assistente social Rosângela Bertoldo (Secretaria Municipal de Assistência Social); e o delegado Marcos Affonso (Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania). Antes, Braide já havia anunciado a arquiteta Verônica Pires (Secretaria Municipal de Projetos Especiais); o economista Simão Cirineu (Secretaria Municipal de Planejamento); e José de Jesus Azzolini (Secretaria Municipal da Fazenda).

Aumento
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, garantiu para hoje pautar a PEC 391/17, que aumenta em 1 ponto percentual os repasses de alguns tributos da União para as cidades, por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A proposta custará cerca de R$ 35 bilhões ao governo. Ontem, deputados de alguns partidos da base governista promovem obstrução contra a pauta. Para Maia, cabe ao governo organizar a sua base para retirar a proposta da pauta por meio do voto.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...