MENU

11/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 11/12/2020 às 00h00min

Bastidores

Será?
Os vereadores eleitos em 15 de novembro ainda nem tomaram posse - só em 1º de janeiro – mas já estão especulando sobre possível mudança no quadro, já a partir de março. Conforme especula-se, o primeiro suplente do PCdoB, Professor Deir, assumiria o mandato. Não se sabe, entretanto, no lugar de quem, e pra onde o titular iria, se licenciando. Deir obteve 1.128 votos. O PCdoB reelegeu o vereador Carlos Hermes e elegeu Flamarion Amaral. O partido continuará com dois vereadores na próxima legislatura. Caso o vereador Sargento Adelino tivesse sido reeleito, o PCdoB passaria a ter três. É aguardar se vai realmente acontecer a mudança que está sendo especulada.

E...
O vereador eleito Buzuca (DEM) é um dos políticos mais ligados ao prefeito Assis Ramos. Ele não se reelegeu em 2016 mas foi chamado pelo prefeito para assumir a Fundação Cultural, em substituição a Chiquinho França. Agora, eleito pelo DEM, está de volta ao Palácio Dorgival Pinheiro. No início desta semana, Assis Ramos viajou para Brasília e levou Buzuca. Acredita-se que o prefeito vai terminar convidando-o para um cargo, abrindo vaga na Câmara. O primeiro suplente do DEM é o ainda vereador Chiquim da Diferro, também com ligação forte ligação com Assis Ramos.

Contas I
Na Sessão Plenária desta quarta-feira, os conselheiros e procuradores do TCE-MA desaprovaram as contas apresentadas pelo gestor David Pereira de Carvalho (Parnarama/2013). Francisco de Assis Milhomem Coelho (Balsas/2011) teve suas contas aprovadas com ressalvas. José de Ribamar Costa Alves (Santa Inês/2013) teve as contas aprovadas com ressalvas e aplicação de multas no total de R$ 28.700,00.

Contas II
Entre as câmaras municipais, foram julgadas irregulares as prestações de contas de Aldemir Lopes Fonseca (Pindaré Mirim/2012), com débito de R$ 17.012,88 e multas no total de R$ 8.000,00; Antônio Barbosa da Silva (Bom Jesus das Selvas/2012), com débito de R$ 466.329,91 e multas no total de R$ 47.232,99; João Rodrigues Neves (Marajá do Sena/2011), com multas no total de R$ 15.798,00; Raimundo Tarcísio de Lima (Maranhãozinho/2012), com débito de R$ 38.921,61 e multas no total de R$ 25.892,16.

Contas III
O gestor Farys Miguel Lopes da Silva (Dom Pedro/2016) teve as contas julgadas regulares com ressalvas, com multas no total de R$ 10.800,00. Júlio Cézar da Silva Oliveira (Ribamar Fiquene/2016) e Rosinelba Pereira Ferreira (Santa Helena/2015) tiveram suas prestações de contas julgadas regulares.

Olha aí!
Ontem a Polícia Federal deflagrou a Operação Segunda Parcela, com o intuito de reprimir fraudes ao Auxílio Emergencial. As ações ocorreram em 14 Estados, entre eles o Maranhão. Foram cumpridos 42 mandados de busca e apreensão, sete de prisão e 13 de sequestro de bens. Consta que em Imperatriz muitos servidores públicos teriam se beneficiado do auxílio. O Tribunal de Contas da União (TCU) estima que no País mais 7 milhões que receberam o auxílio emergencial estavam fora do público-alvo previsto pela legislação. Apenas 5% das pessoas que receberam o auxílio  indevidamente devolveram os valores aos cofres públicos.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...