MENU

09/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 09/12/2020 às 00h00min

Bastidores

Transição
Amanhã, dia 10 de dezembro, a partir das 8h30 será realizado o “III Encontro de novos gestores do Maranhão”. Além do TCE e da FAMEM, integram o evento o Tribunal de Contas da União (TCU), a Controladoria-Geral da União (CGU), a Procuradoria-Geral de Justiça do Estado (PGJ) e o Ministério Público do Estado do Maranhão (MPE), instituições participantes da Rede de Controle da Gestão Pública no Estado do Maranhão. Em razão da pandemia do coronavírus, o evento será realizado de modo virtual, com transmissão ao vivo pelo site e nas redes sociais da FAMEM. Um dos palestrantes do “III Encontro de novos gestores do Maranhão” será o secretário de fiscalização do TCE, Fábio Alex de Melo. Ele proferirá a palestra “Transparência e sistemas de controle do TCE-MA”. De acordo com o Tribunal de Contas, “o processo de transição de gestão municipal é um dos mais complexos na administração pública. A edição de normas para sistematizá-lo e torná-lo mais ágil, consistente e transparente, de maneira a não comprometer a continuidade da prestação dos serviços públicos, tem sido uma das prioridades das instituições que atuam na esfera do controle externo. Nesse sentido, não basta apenas punir os gestores públicos que não promovem uma transição de gestão organizada e republicana, o que essas instituições já fazem, mas é fundamental ampliar a atuação pedagógica, contribuindo para a consolidação de uma nova cultura que veja a transição de gestão como algo natural ao processo democrático, em que devem ser adotadas medidas que permitam ao novo gestor conhecer em profundidade todos os aspectos administrativos do município”.

Será?
De acordo com uma fonte bem situada, o ex-prefeito Sebastião Madeira (PSDB) não estaria mais disposto a disputar a prefeitura e nem o cargo de deputado federal. Em 2022, ele poderia sair candidato a deputado estadual, pois teria maior chance de se eleger. Madeira já dois duas vezes prefeito e quatro vezes deputado federal. Portanto, não seria nada demais ele tentar assumir uma cadeira da Assembleia Legislativa, até porque muitos políticos encerram suas carreiras em cargos mais baixos dos que exerceram. Há senador vereador, como Eduardo Suplicy. O ex-governador e ex-senador João Alberto disputou o mandato de vereador em Bacabal e, talvez por excesso de confiança, praticamente não fez campanha e terminou não conseguindo os votos necessários para se eleger.

Vacina
O governador Flávio Dino (PCdoB) ingressou no STF pedindo autorização para que os estados possam adquirir  vacinas autorizadas pelas agências sanitárias dos EUA, Japão, União Europeia e China. “Com isso, os estados poderão atuar, se o governo federal não quiser”, destacou o gestor maranhense. Na Inglaterra e na Rússia a vacinação já começou. Enquanto isso, no Brasil ainda estão com discussões políticas e cerca de 600 pessoas morrendo por dia da maldita doença…

Grandeza
Uma das transições mais tranquilas está acontecendo em São Luís. Até parece que o prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT) e o prefeito eleito Eduardo Braide (Podemos) são aliados. Os dois já se encontraram. É assim que a política (com P maiúsculo) deve ser praticada, com diálogo e respeito, não com ódio.

Absurdo!
As calçadas estão servindo de estacionamento para motocicletas e até carros, impedindo a circulação dos pedestres pelo local que lhe é de direito. A Setran deveria fazer uma campanha de conscientização e depois passaria a multar os infratores, porque não é permitida a ocupação desse passeio público. As pessoas são obrigadas a andar pelo meio da rua, correndo o risco de ser atropeladas.  

 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...