MENU

04/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 04/12/2020 às 00h00min

Bastidores


Assim é
Fala-se muito que Flávio Dino (PCdoB) foi um dos maiores derrotados nas eleições municipais deste ano, especialmente em São Luís. É verdade que candidatos do seu grupo perderam em muitos municípios, mas boa parte dos eleitos, logo após tomar posse, estará de pires na mão na porta do Palácio dos Leões pedindo ajuda ao governo do estado. E desses, muitos logo estarão anunciando adesão ao grupo liderado pelo governador. Isso foi o que aconteceu em relação a vários dos atuais prefeitos no estado. Ressalte-se, também, que muitos dos eleitos em 15 de novembro, embora não tiveram apoio de Flávio Dino, foram apoiados pelo senador Weverton Rocha (PDT), partido que integra o arco de aliança do Palácio. E, também, em política o que menos importante é partido, apenas um instrumento para que seja cumprida a legislação eleitoral, porque é preciso estar filiado para disputar eleição. É aguardar janeiro chegar…

De novo
Saído de uma recente eleição em que disputou a prefeitura, o médico ortopedista Daniel Fiim já não esconde a vontade de concorrer, novamente, ao cargo de deputado federal. Em 2018, ele obteve 22.389 votos. Nas eleições municipais do último dia 15 de novembro, ficou em sexto lugar, com 9.915 votos. Fiim acredita que em 2022 disputará com mais chances de chegar à Câmara dos Deputados.

Pulverização
Em Imperatriz não se pode cometer, de novo, o erro de lançar vários candidatos a deputado. Um número exagerado pulveriza os votos e termina ninguém sendo eleito, como aconteceu em 2018. Além dos candidatos locais, há os que vem de fora e comem também do bolo eleitoral. Além do mais, lideranças políticas locais preferem apoiar candidatos de outras regiões, não resistindo às propostas financeiras. Depois que Madeira deixou de ser deputado, agora que teremos um representante em Brasília, isso graças à eleição do deputado Eduardo Braide para prefeito de São Luís, abrindo a vaga para o suplente Josivaldo JP.

E…
Será que Ildon Marques e Sebastião Madeira ainda vão disputar o mandato de deputado federal? Possivelmente sim! Portanto, com Daniel Fiim já três possíveis candidatos, além de Josivaldo JP, que não abrirá mão. Nas eleições de 2018, além desses tivemos ainda como candidatos Davi Alves Silva Jr, Zé Filho, Dra. Graça, Professora Eline, Esmerahdson de Pinho, Antonio Torres e Sandra Bandeira.

Também
Para deputado estadual, em Imperatriz também costuma-se lançar muitos candidatos. Em 2018 foram reeleitos Antonio Pereira e Marco Aurélio e eleito Rildo Amaral. Poderia ser mais. Além deles, foram candidatos Leo Cunha, Fátima Avelino, Cabo J. Ribamar, Rosângela Curado, Fredson, Eurami Reis, Kenedy Imperlove, Ricardo Panelão, Alex Rocha, Edmilson Sanches, Dr. Jofre, Major Janilson, Diógenes, Pedrinho, Ivan Pantera, Mariana e Barão do Povo. Imperatriz já chegou a ter cinco deputados numa legislatura.

Ele disse
“Há um pouco de exagero. O PT, de fato, colheu um resultado modesto na eleição, não venceu em nenhuma capital. Mas está muito longe de se caracterizar como terra arrasada… vamos combinar que o PT continua a ser o partido mais nacional. Olhando nacionalmente, o PT continua a ser a coluna vertebral do campo progressista”. A afirmação foi feita pelo governador Flávio Dino em entrevista ao canal de Carta Capital no YouTube, analisando o quadro político após os resultados das urnas nas eleições de 15 de novembro, em que o PT foi o maior perdedor.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...