MENU

12/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 12/11/2020 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues

 
 

Dirceu Filho, diretor da Valeu Boi Leilões que comemorará 10 anos de atividades dia 21 de novembro em Rio Maria (PA) - Foto: Arquivo
Valeu Boi Leilões realizará mais um mega leilão para comemorar 10 anos de atividades

A Valeu Boi Leilões comemorará 10 anos de atividades no sul do Pará com a realização de um mega leilão dia 21 de novembro a partir de 12h em Rio Maria. Sinônimo de credibilidade e respeito em se tratando de agronegócio, especialmente no que se refere aos mega leilões de gado de corte, “a Valeu Boi Leilões ofertará mais de 5 mil animais – que estarão no recinto - e o leilão será presencial e virtual”, de acordo com o pecuarista Dirceu Filho.

Os leilões da Valeu Boi já são tradição em Rio Maria e apresentam grande quantidade animais de corte. Além disso, permitem aos pecuaristas que querem comprar ou vender seus rebanhos realizar ótimos negócios com segurança e tranquilidade.

É unânime entre todos os pecuaristas do sul e sudeste do Pará que o 10º Leilão da Valeu Boi dia 21 de novembro será sucesso total e mais uma vez deverá gerar milhões de reais em negócios, fortalecendo ainda mais o agronegócio paraense.

Equipe da UFRJ conquista o primeiro lugar no Vacathon 2020
Depois de oito dias, noites e madrugadas de trabalho intenso, dividido entre criação, mentorias, elaboração de projeto e apresentação do produto, o Vacathon 2020, maratona de inovação da Embrapa Gado de Leite premia as 3 melhores soluções para os desafios da cadeia leiteira. A equipe campeã foi a Mimosa, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, que apresentou a UaiCup, uma caneca que para análise da qualidade do leite, rastreio de antibióticos e outras vantagens para o pequeno e médio produtor.

A medalha de prata ficou com a equipe Lac Tech da Esalq, da USP, de São Paulo, que desenvolveu a Moopocket, um aplicativo para balança que armazena os dados do animal desde o nascimento até a vida adulta, proporcionando maior controle de dados. O terceiro lugar foi para a equipe Cow of Duty, da Unochapecó e Parque Científico e Tecnológico Chapecó@, de Santa Catarina, que criou o Owner View, aplicativo baseado em redes neurais que promete mais precisão na detecção de cio, o que resulta no aumento do sucesso nas inseminações.

Solução para o bolso dos pequenos produtores
A UaiCup é uma tecnologia baseada nos fundamentos da IoT (Internet of Things) e tem como objetivo aumentar o ganho de cerca de 800 mil produtores (pequeno e médio porte) através do controle da qualidade do leite e da redução do descarte de leite por uso de antibióticos. Basta colocar 100ml de leite na caneca que os algoritmos processam as informações do leite e o produtor recebe um relatório completo sobre a qualidade do produto. Os dados ficam armazenados no aplicativo, facilitando o controle da produção através de histórico e análises mais aprofundas. As análises são feitas em vários compartimentos diferentes da UaiCup. Parte do leite analisado é armazenado em um compartimento na alça da caneca e pode ser usado para reamostragem ou contraprovas.

Segundo a equipe Mimosa, ao diferencial da UaiCup é a capacidade de fazer mais análises ao mesmo tempo, menor custo e tecnologia embarcada no dispositivo. Além disso, faz a triagem de antibióticos por animal, individualmente, em poucos minutos. Laura Bahiense é professora da UFRJ e, juntamente com o professor Cláudio Miceli de Farias, coordenou os trabalhos da equipe Mimosa. Para Laura, o evento é muito importante em vários aspectos: “A participação no Vacathon trouxe um grande aprendizado para os alunos, não  apenas sobre os desafios enfrentados pela cadeia do leite, mas também pela oportunidade de competir em grupo: eles souberam respeitar e valorizar as diferentes habilidades de cada elemento do grupo, e com isso geraram um ambiente de trabalho solidário, criativo e motivante. Foi muito bacana ver isso acontecer”, comemorou.

Votação
Os 35 times apresentaram suas ideias durante todo o dia e foram avaliados por cerca de 160 juízes, que fazem parte da cadeia do leite e ecossistema de inovação no Brasil. Os critérios usados para avaliação dos projetos foram: impacto econômico, visão de futuro, barreiras de entrada e desenvolvimento e execução da proposta.

Paralelamente, houve participação das torcidas através de uma votação simbólica que atingiu a incrível marca de 42 mil votos, provando que o Vacathon mobilizou as universidades, chegou a todos os cantos do país, atravessou as fronteiras e cruzou o Atlântico.

O Chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo Martins, afirmou a importância do trabalho de equipe e agradeceu a todos os realizadores e patrocinadores que estiveram presentes durante o evento. Ele lembrou a mudança de planos ocorrida com a chegada da pandemia e o comprometimento de todos para a realização do evento em um novo formato. “O formato virtual nos proporcionou receber as equipes da Argentina e de Angola, tenho certeza de que eles vieram para ficar. Aprendemos que é possível estarmos juntos apesar de estarmos distantes”, explicou Paulo Martins.

O Chefe-adjunto de Pesquisa & Desenvolvimento da instituição, Pedro Arcuri, ressaltou a importância da colaboração dos 106 mentores que fazem parte do ecossistema de inovação da cadeia do leite, fundamentais para a construção das soluções mostradas durante a maratona de inovação. Desejou sorte aos vencedores e deixou um recado importante: “Aqueles que hoje não são os vencedores, persistam e insistam, pois é dessa forma que caminhamos para o empreendedorismo”, finalizou Pedro Arcuri.

Indústria do leite no Brasil
Segundo a Embrapa Gado de Leite, o Brasil é o quarto país no mundo em produção leiteira, gerando 34,8 bilhões de litros de leite inspecionado em 2019, registrando 2,7% de aumento frente a 2018. Em 2019, a cadeia leiteira empregou 4 milhões de trabalhadores no país e 1,1 milhão de produtores gerando um faturamento estimado de R$ 105 bilhões.
Quem faz o Ideas For Milk

O Ideas for Milk é uma realização da Embrapa Gado de Leite, em parceria com Agripoint, Bovcontrol, Ciatécnica, Texto Comunicação. Conta com o Patrocínio Diamante do Sebrae; Patrocínio Ouro da Tetrapak, Boehringer Ingelheim, TIM; Patrocínio Prata da Vaccinar, FAEMG/Inaes, Sistema Ocemg, Ssistema OCB, Silemg e Patrocínio Bronze da Nestlé, CLAAS, DSM/Tortuga, ABDI, JA Saúde Animal, Piracanjuba, Vivalácteos, Belgo Bekaert, SENAR/GO, ABIQ, Alta Genetics, Abraleite e Vivare. Apoio da Microsoft, KER Innovation e Revista Balde Branco. (Material enviado para a coluna pela Supervisão de Comunicação e Marketing do Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Leite - Embrapa Gado de Leite Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Juiz de Fora - MG.

Contratação do crédito rural chega a R$ 92,6 bilhões entre julho e outubro, com crescimento de 21%
As contratações de crédito rural dos produtores, cooperativas e agroindústrias aumentaram 21% nos quatro primeiros meses do Plano Safra 2020/2021 (julho a outubro), em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme divulgação do balanço do desempenho do crédito rural divulgado nesta sexta-feira (6) pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o valor total da contratação em 2020 foi de R$ 92,63 bilhões.

Os médios produtores - Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor (Pronamp) - contrataram R$ 12,78 bilhões e os agricultores familiares - Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) – pegaram financiamento de R$ R$ 15,32 bilhões.

Os financiamentos de custeio atingiram R$ 52,42 bilhões, aumento de 16%, sendo que as contratações do Pronamp ficaram em R$ 11,56 bilhões (+8%) e a do Pronaf alcançou R$ 8,27 bilhões (+17%). As contratações de investimentos totalizaram R$ 26,48 bilhões. Os médios produtores participaram com R$ 1,22 bilhão (+15%) e de R$ 6 bilhões (+18%) os agricultores familiares.

Segundo o diretor do Departamento de Crédito e Informação do Mapa, Wilson Vaz de Araújo, o continuado aumento da demanda de crédito rural, de maneira especial para investimentos, apesar dos efeitos decorrentes da pandemia do Covid-19, está relacionado ao desempenho da produção de grãos estimada em 268 milhões de toneladas para atual safra. (Fonte: Ministério da Agricultura).

Vote com responsabilidade
Domingo, 15 de novembro, exerça sua cidadania e vote consciente. Evite aglomeração, leve sua caneta esferográfica e use álcool em gel antes e depois de votar. A eleição será realizada das 7 às 17h, sendo que das 7 às 10h será dada prioridade para quem tem acima de 60 anos de idade.

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...