MENU

07/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 07/11/2020 às 00h00min

PALHAÇO ABENÇOADO


Era uma meio-fria manhã de final de ano. A feira livre das Quatro Bocas, havia migrado debaixo de polêmica e insatisfações para o Bairro Nova Imperatriz, no cruzamento das Ruas Amazonas / Santo Cristo.  Eu estava ali, me lembro bem, para sentir o vai e vem das pessoas, consumidores e feirantes e conhecer o novo ambiente, afinal eu sou fã, viandante e usuário / consumidor das feiras livres. A certa altura porém, ouço e vejo um grito de uma cidadão montado sobre uma sofrida bicicleta cargueira estacionada e, ao serviço de som,  mencionando e referindo-se e fazendo outras loas  em torno do meu nome. Cumprimentei-o à distância com um gesto de receptividade. E foi só isso!

Em seguida, porém, passei a ver esse cidadão sobre a mesma bicicleta-cargueira, com o mesmo e também sofrido “aparelho de som”, pelas ruas da vida, em cujas oportunidades eu fazia preferência em cumprimenta-lo. E foi como demos continuidade a possteriores cumprimentos de passagem. E só mais tarde vim a saber que esse eclético e evangélico e comunicativo em pés no chão, trata-se do PALHAÇO ABENÇOADO.

Semana passado a vê-lo novamente pelas ruas da vida, vi que ele se auto apresentava como CANDIDATO A VEREADOR, nestas eleições. Então resolvi convidá-lo para uma conversa, visando um texto para estes... CAMINHOS. Palhaço Abençoado acatou o meu convite. Combinamos dia, local e no horário, lá estava ele, vestido de palhaço (a rigor), acompanhado de sua mulher, mãe dos seus três filhos.  E lá vamos nós em conversa  como num voo em queda livre ao intuito destes CAMINHOS POR ONDE ANDEI.

Nome da fera:  GILSON BRITO SOARES, 47 anos, nascido e criado nesta Imperosa. Evangélico não acredita em HORÓSCPO, porém outrora já vira o pressagio. Confessa satisfação em carregar o codinome único em todo o Brasil – PALHAÇO ABENÇOADO e desafia  procurar no You Tube, onde tem algumas aparições.  Diz que exerce o humorismo desde os nove anos, uma profissão que também doutrinou o seu filho, também a partir da mesma idade, com quem fizera parceria durante certo tempo. E sobrevive do quanto tece no seu ofício de palhaço e comunicador,

 Agora, novamente, PALHAÇO ABENÇOADO é candidato a VEREADOR. Diz que quer ser vereador para “defender a cultura e as crianças. E que não vê ninguém carregando essa bandeira. Quer apoiar o talento juvenil. E quer ser veador não para azer palhaçada mas sim para tralhar SÉRIO, pelo povo”.  Abençoado refere-se também sobre a parceria e o “coleguismo” que permeia entre os palhaços locais e que estes têm (ou tinham) acesso gratuito em meio aos circos que surgiam pela cidade. Ele tem plano de ensinar o ofício às crianças, ao intuito de evitá-los das ruas e outros vícios. E afirma: “as criança são sinceras”.

No ano de 2.012, ABENÇOADO, de olho na vereança, experimentou as urnas. Obteve 133 votos. Neste tempo, quando ele diz que “todo o cabo eleitoral, agora é um candidato”, ele espera conquistar a sua meta, COM A GRAÇA DE DEUS, diz. E, falando num tom político, numa clara expressão de quem está roendo as batatas da terra, PALHAÇO ABENÇOADO, critica: “Eles compram o mandato; eles não conquistam o mandato”. E da minha parte eu concluo “Eh, PALHAÇO ABENÇOADO, eu não digo que sim, nem digo que não. Pelo contrário, fico na minha”. Aguardemos então, ABENÇOADO, o resultado das urnas. Até lá. Saudações...
Link
CLEMENTE VIEGAS

CLEMENTE VIEGAS

O Doutor CLEMENTE VIEGAS e advogado, jornalista, cronista e contesta o social.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...