MENU

05/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 05/11/2020 às 00h00min

Bastidores


Contas
 Os conselheiros e procuradores do Ministério Público de Contas do TCE, em Sessão Plenária realizada na manhã desta quarta-feira, 04, desaprovaram as prestações de contas apresentadas ao órgão de controle externo pelos seguintes gestores públicos: João de Fátima Pereira (Monção/2013); Joserlene Silva Bezerra de Araújo (São João do Sóter/2017) e Maria José Gama Alhadef (Penalva/2009), com débito de R$ 73.720,00 e multa de R$ 10.000,00. Juarez Alves Lima (Icatu/2011) teve sua prestação de contas aprovada com ressalvas, com multas no total de 8.000,00. A prestação de contas de Edilomar Nery de Miranda (Ribamar Fiquene/2014) foi aprovada com ressalvas. Entre as Câmaras Municipais, foram julgadas irregulares as prestações de contas de Antonio Nilton da Cruz Silva (Poção de Pedras/2012), com débito de R$ 170.686,00 e multas no total de 23.200,00; Edmilson de Jesus Mendes Silva (Humberto de Campos/2011), com débito de R$ 41.097,00 e multas no total de R$ 31.813,80; Manuel Passos de Araújo Júnior (Bom Lugar/2012), com débito de R$ 13.977,36 e multa de R$ 1.397,73, e Marcos Silva Vasconcelos (Santa Luzia do Paruá/2012), com débito de R$ 27.453,36 e multa de R$ 2.745,33. Hélio Wagner Rodrigues Silva (Vitória do Mearim/2012) teve suas contas julgadas regulares com ressalvas. Messias Silva Tobias (Cedral/2014) teve suas contas julgadas regulares.

Filhos
Quando três vereadores anunciaram a desistência de disputar a reeleição, os candidatos vibraram, pois estariam sendo abertas três vagas que certamente continuariam preenchidas pelos atuais titulares, porque teriam grandes de se reeleger – José Carlos, Fátima Avelino e Hamilton Miranda. Só que os dois últimos lançaram filhos para substitui-los, e a chance de eleição é grande. Hamilton lançou Felipe Miranda e Fátima lançou Rogério Avelino. É aguardar.

E…
Alguns filhos de ex-vereadores são candidatos ao Palácio Dorgival Pinheiro de Souza. Entre eles estão Josélio (PTB), filho de Toinho da Boca da Mata; Sávio Costinha (Avante), filho de Raimundo Costa (Costinha); Johnson (PSB), filho de Delfino Alves, e Justino (PSD), filho de Justino Oliveira (Chapéu de Palha).

Fake News
Ontem o juiz da Vara da Fazenda Pública de Imperatriz, Joaquim da Silva Filho, respondendo pela 3ª Vara Cível, concedeu liminar em favor do prefeito Assis Ramos, determinando que o provável autor cesse imediatamente a publicação de um vídeo em que o prefeito aparece com o filho, um menino de 6 anos, conversando sobre atividade escolar, mas que na montagem o assunto é sobre enriquecimento ilícito do pai. Atendendo a um pedido de Tutela de Urgência, o juiz Joaquim Filho determinou que o requerido se abstenha de repostar/publicar/veicular de qualquer forma ou por qualquer meio o conteúdo, bem como de realizar novas edições e postagens de conteúdo similar e de mesmo teor ofensivo aos requerentes, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00. O pedido ainda requer no  mérito  a condenação do requerido ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), bem como aos ônus sucumbenciais.

Olha aí!
O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, notificou o presidente Jair Bolsonaro sobre a afirmação que fez no dia 21 de outubro, alegando que não iria em Balsas porque Flávio Dino havia negado apoio da PM para fazer a sua segurança. Para o governador, Bolsonaro cometeu calúnia. O ministro deu 15 dias para o presidente Bolsonaro apresentar sua explicação sobre a queixa. Dino quer que o presidente “comprove o não acolhimento do pedido de disponibilização da Polícia Militar do Estado do Maranhão para viabilizar o comparecimento ao evento”.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...