MENU

09/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 09/10/2020 às 00h00min

Bastidores


Filho
Nos últimos dias o que mais se tem comentando nas rodadas políticas e nas redes sociais é a situação do ex-prefeito Ildon Marques de Souza (PP) quanto a inelegibilidade ou não. Especula-se que se ele não tiver condição jurídica de disputar, a opção seria o seu filho, Ildon Marques Júnior, que é filiado ao mesmo partido do pai, o PP. Isso já foi falado na outra eleição, em 2016, mas não se sabe realmente se Ildon tem pretensão de colocar o filho na vida político-partidária. E também se o próprio Ildon Júnior tem interesse. Na verdade, o caso ainda não tem nenhuma decisão judicial. Houve, sim, uma ação do Ministério Público Eleitoral pedindo a inelegibilidade do ex-prefeito. Caso o pedido seja acatado, ele ainda pode recorrer ao TRE e ao TSE. Portanto, é um longo caminho. Não sairia uma decisão final antes do término das eleições, marcadas para 15 de novembro. É aguardar.

Visita
O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) anunciou ontem que esteve no Palácio do Planalto para “acertar ajustes” da visita que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), fará ao Maranhão. A vinda está prevista para este mês de outubro, mas a data só será divulgada nos próximos dias.

Tempo
O tempo  dos candidatos a prefeito de Imperatriz no rádio e na TV no horário eleitoral gratuito deverá ser o seguinte: Marco Aurélio (PCdoB): 2’55”; Assis Ramos DEM): 2’54”; Ildon Marques (PP): 2’16”; Madeira (PSDB): 44”; Daniel Fiim (Podemos): 29”; Aluizio (PSOL): 20”; Mariana Carvalho: 18”.

Confiante
O Solidariedade, que é comandado em Imperatriz pelo deputado estadual Rildo Amaral, está confiante que poderá eleger até três vereadores. Há vários nomes considerados fortes, como o vereador Adhemar Freitas Jr, Felipe Miranda, filho do vereador Hamilton Miranda, vereador Sargento Adelino, Cabo Alcidélio, Coronel Edeilson e Berson do Posto Buriti. Nas eleições de 2016 o SD elegeu um vereador, Rildo Amaral, mas a coligação (SD-PT-PCdoB) elegeu três. Além de Rildo, os vereadores Aurélio Gomes e Carlos Hermes.

Na Justiça
A disputa eleitoral em Porto Franco está sendo judicializada pelo DEM, da coligação do prefeito Nelson Horácio. O partido entrou com uma ação pedindo a impugnação do registro da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado Deoclides Macedo (PDT), alegando que ele tem contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Deoclides Macedo se diz tranquilo, porque nada o impede de ser candidato.“Tentam boicotar nossa campanha acionando o Judiciário com alegações infundadas e sem o menor amparo legal. E usam de fake news para tentarem confundir a população de Porto Franco. Sabem que vão perder nas urnas e querem manipular o processo eleitoral”, afirmou Deoclides.

Favorito
O jogo só acaba quando o juiz apita, mas a ampla liderança e a baixa rejeição levam o candidato a prefeito de São Luís, deputado federal Eduardo Braide (Podemos), a uma situação de quase imbatível. Faltam pouco mais de um mês para a eleição e se o cenário não mudar ele pode se tornar o próximo prefeito da capital. Caso seja eleito, Imperatriz e região terão um representante na Câmara dos Deputados. O empresário Josivaldo JP é o primeiro suplente de Braide e, diante da possibilidade de assumir, já aderiu à candidatura de Sebastião Madeira (PSDB), cujo partido está apoiando a candidatura Braide.

Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...