MENU

11/11/2022 às 00h00min - Atualizada em 11/11/2022 às 00h00min

Linha de Fundo

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA é responsável pelas editorias de Polícia e Esportes

 
Fakes
Eu sou um dos que não acreditam que tenha sido Neymar o culpado pela não convocação do atacante Gabriel Gabigol, entre os 26 jogadores para a Copa do Catar. Isso, normalmente é impossível de acontecer, ainda mais sendo Tite o treinador. Gabigol não foi convocado porque tem vários outros do mesmo nível na frente dele e que já vinham sendo convocados e Tite é muito conservador. Neymar não tem esse poder todo, a ponto até de indicar quem deve e quem não deve ser convocado para a seleção brasileira.

Imbecil
A pessoa que inventou isso é um verdadeiro imbecil. Se for um jornalista, mais imbecil ainda e merece uma reprimenda para não ficar inventando fakes news. Não se sabe onde aparece tanta maldade nas pessoas. Todos sabemos que Neymar e Gabriel não sentam na mesma mesa, em função de uma bronca dos dois devido problema entre o flamenguista e a irmã do Ney Junior. Mas já jogaram juntos na própria seleção.

Final
A final da Copa FMF será entre Maranhão e Tuntum. O MAC empatou com o Iape em 1 x 1 e ficou com a vaga, enquanto que o Tuntum venceu o Moto por 2 x 1 e também está na final. A finalíssima será de ida e volta, com o MAC, que tem a vantagem de realizar a partida de volta em casa. Pelo segundo ano consecutivo, o Tuntum chegou à final da Copa FMF. Por ter sido campeão no ano passado, disputou a Copa do Brasil e teve o Cruzeiro como um dos adversários.

Sem calendário
Por ter sido eliminado na semifinal, o Moto está sem calendário para 2023. Tem a Pré-Copa do Nordeste, cuja vaga tomou do Imperatriz, em jogada de bastidores envolvendo a FMF, mas dificilmente o Papão se classifica porque não tem time para isso, a não ser que melhore a qualidade do grupo. O campeão da Copa FMF escolhe qual competição vai disputar, Copa do Brasil ou Brasileiro Série D. O que sobrar o vice-campeão disputa.

Não dá para entender
No futebol, realmente tem coisas que não dá para entender. O treinador Dejair Ferreira comandou o Imperatriz no Campeonato Maranhense da Segunda Divisão desse ano e não conseguiu o objetivo que era voltar à primeira divisão. Foi contratado pelo Tuntum e levou vários jogadores que estiveram com ele no Cavalo de Aço e chegou à final. Negócio no Cavalo de Aço tá precisando de uma benzedeira.

CURTINHAS
No Cavalo de Aço, o trabalho feito pelo Dejair Ferreira deixou muito a desejar***No Imperatriz, a torcida exige mais, a adrenalina sobe mais***No Tuntum, a coisa é mais amena, sem pressão, talvez seja por isso***Mas não afasta a possibilidade do Imperatriz procurar uma benzedeira***O Catar é um país pequeno, mas que ao mesmo tempo, é um pedaço de cada parte do mundo*** Basta uma caminhada pelas ruas de Doha pra ver o encontro de muitas nacionalidades***Entre os três milhões de habitantes, apenas 10% são cataris***Festas e bebidas alcoólicas só em áreas limitadas*** Manifestações políticas e religiosas são bem restritas***O sistema jurídico é baseado na Sharia, um conjunto de leis islâmicas que limita direitos femininos a questões religiosas***Não há dúvidas de que são as mãos estrangeiras que fazem o país funcionar. E muitas delas trabalharam para a Copa do Mundo***Desde que as obras começaram, a Anistia Internacional e outras organizações denunciaram maus tratos de operários***Segundo o jornal inglês The Guardian, já houve mais de 6.500 mortes, na sua grande maioria, de trabalhadores que vieram do sul da Ásia***A Fifa, a todo momento, diz que monitora a situação, assim como o Comitê Organizador que se defende afirmando que muitas melhorias na relação trabalhista foram realizadas***A Copa faz parte de um ambicioso plano do Catar de, em menos de 10 anos, não depender somente da exportação do petróleo e do gás***E esse investimento em novas áreas vem gerando ainda mais oportunidades. Ou seja, o Catar vai continuar sendo um país dos estrangeiros.
Leia Também »
Comentários »