MENU

23/07/2022 às 00h00min - Atualizada em 23/07/2022 às 00h00min

Bastidores

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por, praticamente, todos os setores do jornal. - [email protected]

Coletivas

O Patriota lançará no Maranhão candidaturas coletivas. São 11 candidatos a deputado federal e 11 a estadual, todos militares de várias patentes, como Coronel, Tenente, Subtenente e Sargento. Seis foram escolhidos por plebiscito e seis por região. De Imperatriz, para o cargo de deputado estadual consta o Subtenente Adelino, ex-vereador. Caso o grupo consiga eleger um, o mandato seria do mais votado entre os candidatos escolhidos por plebiscito. Para federal seria o Sargento Gilmar, e para estadual o Coronel Ciro. A atuação do parlamentar seria de forma conjunta com os demais do grupo, que também fariam parte do gabinete. A lei eleitoral não prevê esse tipo de atuação, mas eles podem fazer o acordo, o que já foi feito pelo grupo. O Subtenente Adelino disse que estão otimistas, acreditando que têm potencial eleitoral para garantir cadeira na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados.
 

Prego batido

Depois de muito “disse-me-disse”, finalmente o MDB decidiu quem apoiar para o Governo do Maranhão Durante a convenção realizada nesta quinta-feira, o partido anunciou apoio à reeleição do governador Carlos Brandão (PSB). O partido só não bateu o martelo em relação ao Senado, mas tudo indica que deve seguir o ex-governador Flávio Dino (PSB). A ex-governadora Roseana Sarney, apesar dos números positivos das pesquisas, preferiu disputar o mandato de deputada federal. Será a grande puxadora de votos do partido, que tem outro nome forte, o ex-suplente de senador Edinho Lobão. 
 

Ele disse

“Roseana, eu quero agradecer você que é o grande nome desse partido, porque eu tenho certeza de que você influenciou essa decisão… Esse é um momento histórico. Minha gratidão a todos vocês que fazem o MDB. Nosso estado continuará crescendo e o MDB fará parte dessa nova página que está sendo escrita”. Do Governador Carlos Brandão.
 

Olha aí!

O Partido Verde (PV) quer a primeira suplência na chapa do pré-candidato a senador Flávio Dino (PSB). A sigla quer indicar uma mulher, ambientalista ou indígena. No Maranhão, o PV é comandado pelo deputado estadual Adriano Sarney, filho do ex-deputado federal Zequinha Sarney. 
 

Prazo

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, estabeleceu na quinta-feira (21) prazo de cinco dias para que as partes envolvidas em processo que trata de propaganda eleitoral se manifestem sobre se uma legenda, que integra uma federação partidária, tem legitimidade para, isoladamente, apresentar pedidos relacionados à remoção de propaganda, seja ela antecipada ou não. A medida foi tomada por Fachin na representação proposta pelo Partido dos Trabalhadores (PT), com pedido de liminar para a remoção de postagens na internet feitas pelo Sindicato Rural de Tangará da Serra (RS), Sindicato Rural de Campos de Júlio (RS) e reproduzidas pelo empresário Luciano Hang. Após o prazo fixado, será decidido sobre o mérito do pedido de liminar solicitado pelo PT. 
 

Aumento expressivo 

Dados do Cadastro Eleitoral divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 15 de julho revelam que houve um aumento expressivo no eleitorado brasileiro fora do país nos últimos quatro anos. Em 2022, serão 697.078 eleitoras e eleitores aptos a votar no exterior. O número é 39,21% a mais que em 2018, quando havia 500.727 eleitores aptos. Já em relação a 2014 houve um aumento de 96,81%, uma vez que nas eleições daquele ano 354.184 pessoas se cadastraram para votar fora do Brasil. Em 2022, 59% do eleitorado no exterior é do sexo masculino, ao contrário da percentagem geral, que é composta na maioria por mulheres. Quanto ao grau de instrução, cerca de 42% dos eleitores (292.741) no exterior têm curso superior completo.  
Link
Tags »
Leia Também »
Comentários »