MENU

24/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 24/09/2020 às 00h00min

Bastidores


Imbróglio
Um dos fatos de mais destaque na área política de Imperatriz, ontem, foi a informação sobre uma decisão judicial devolvendo o comando local do PSL ao ex-vereador Raimundo Roma. É que no início do mês a direção estadual interveio no Diretório Municipal, mudando o comando do partido para o advogado Antonio Torres. Mesmo com a decisão, os ex-dirigentes fizeram a convenção e homologaram o nome do Pastor Laércio Castro como candidato a prefeito. Mas o ato não foi reconhecido pelo novo comando, que fez outra convenção e oficializou aliança com o DEM do prefeito Assis Ramos. Agora surge a informação sobre uma decisão judicial em primeira instância devolvendo o partido a Raimundo Roma, que iria insistir com a candidatura do Pastor Laércio. Mas cabe recurso e certamente a atual direção vai recorrer para garantir o comando do partido e aliança com o DEM. É aguardar.

Bolsonarista
Ontem foi divulgada uma foto do pré-candidato tucano Sebastião Madeira com o presidente Jair Bolsonaro. O encontro foi viabilizado pelo senador Roberto Rocha (PSDB), com trânsito no Palácio do Palácio. O fato não causa surpresa, porque há tempo se sabe da aproximação dos líderes tucanos maranhenses com o governo federal, embora em nível nacional haja uma guerrinha entre o governador de São Paulo, João Dória, com o presidente da República. 

E…
Recentemente Jair Bolsonaro afirmou que não se envolverá nas eleições municipais de 2020. “Decidi não participar, no 1º turno, nas eleições para prefeito em todo o Brasil. Tenho muito trabalho na Presidência e, tal atividade, tomaria todo meu tempo num momento de pandemia e retomada da nossa economia”, disse Bolsonaro no Twitter. Mas ele tem recebido pré-candidatos, porém sem gravar apoio. O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), teve encontro com o senador Flávio Bolsonaro e em breve deverá ser recebido por Jair Bolsonaro. 

Aliás
De Imperatriz, dos 11 pré-candidatos a prefeito de Imperatriz só quem não vai dizer que está sendo apoiado por Bolsonaro serão Marco Aurélio (PCdoB), Aluísio Melo (PSOL) e Sandro Ricardo (PCB).

Prazo
No próximo sábado, 26 de setembro, termina às 19h o prazo para os partidos e coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos e chapas à Justiça Eleitoral. No caso dos partidos ou coligações que não tenham requerido o registro de candidato escolhido em convenção, a data-limite para a formalização individual do registro perante o TSE ou Tribunal Regional Eleitoral (TRE) é o dia 1º de outubro, também até as 19h. 

Consulta 
O sistema é aberto a todos os cidadãos, sem necessidade de cadastro prévio ou autenticação de usuário. Na consulta, basta selecionar a unidade da federação no mapa ou a sigla do estado. Na página principal do sistema, o interessado encontrará o quantitativo total de candidaturas por cargo (prefeito, vice-prefeito e vereador). No mapa do Brasil, é possível filtrar a pesquisa clicando na unidade da Federação e depois no cargo desejado. Em seguida, aparecerá uma lista com todos os políticos que concorrem ao cargo no estado. Selecionado o nome do candidato, é possível obter informações sobre o seu número, partido, composição da coligação que o apoia (se for o caso), nome que usará na urna, grau de instrução, ocupação, site do candidato, limite de gasto de campanha, proposta de governo, descrição e valores dos bens que possui, além de eventuais registros criminais. Também é possível acompanhar a situação do pedido de registro e eleições anteriores das quais o candidato tenha participado.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...