MENU

18/06/2022 às 00h00min - Atualizada em 18/06/2022 às 00h00min

O SUOR E OS PARENTES INDESEJADOS: O CHULÉ E O CC!

NAILTON LYRA

NAILTON LYRA

O Doutor ​NAILTON Jorge Ferreira LYRA é médico e Conselheiro Regional de Medicina e Conselheiro Federal de Medicina representando o Estado do Maranhão

Iniciamos uma série de artigos há duas semanas sobre nossas excreções fisiológicas normais, hoje falaremos do suor e um pouco de seus parentes não bem-vindos, o odor axilar conhecido como CC e o chulé!

O que é o suor e sua função? É um líquido produzido por nossas glândulas sudoríparas localizadas na derme, uma parte da pele, temos cerca de dois milhões de glândulas distribuídas em nosso corpo, exceto nos mamilos, nos lábios e órgãos genitais, a maior parte delas estão no rosto, na palma das mãos planta dos pés. Existem dois tipos de glândulas sudoríparas as glândulas écrinas e as apócrinas.

As écrinas são encontradas em todo o corpo e principalmente na testa, palma das mãos planta dos pés, são pequenas e ativas desde o nascimento, as apócrinas presentes principalmente nas axilas e na região genital anal, são grandes, se tornam ativas a partir da puberdade, terminam em folículos capilares e ricas em ácidos graxos e proteínas dando ao suor o aspecto espesso e amarelado.

A distribuição das glândulas apócrinas depende de características etárias e raciais. Em crianças, as glândulas apócrinas ainda não estão desenvolvidas, por isso o suor das crianças não tem mau cheiro como o dos adultos. Índios e pessoas de etnia amarela possuem pequena quantidade de glândulas apócrinas, enquanto europeus e negros possuem essas glândulas em grandes quantidades.

A função do suor é refrigerar o corpo de forma que ele não esquente muito, elimina o calor gerado em nosso metabolismo.

A produção exagerada de suor é denominada de hiper-hidrose principalmente na palma da mão, na plantas dos pés e nas axilas, nesse caso o metabolismo das secreções por bactérias pode produzir odor desagradável nas axilas, o chamado CC, principalmente quando presente o ácido isovalérico e a androsterona.

Alguns medicamentos e alimentos podem produzir também o odor desagradável, como alho, cebola, antibióticos e algumas vitaminas. No caso desagradável na axila usar desodorante bactericida. Porém em alguns casos ele persiste podendo recorrer à injeção de Botox subcutâneo e mesmo a cirurgia, a simpatectomia que pode ser cervical ou lombar.

Sugestões do dermatologista para a hiper-hidrose como manter as axilas e as virilhas depiladas porque ajuda a evaporação e impede o mau cheiro, desodorantes neutros e os antiperspirantes a base de alumínio, compressas de chá preto porque contém ácido tânico que desacelera a atividade glandular e, óbvio, a higiene no local. ​
 

E o chulé?

Nome dado a mau cheiro vindo dos pés provocado por bactérias que ali se desenvolveram e colonizaram, não causa consequências graves à saúde, mas provoca constrangimento a seu portador.

O nome dado a condição de suar excessivamente e com odor desagradável é a bromidrose, quando nas axilas recebe a alcunha popular de CC, nos pés, bromidrose plantar o popular chulé!

O chulé é resultado da decomposição da queratina e do suor pó bactérias que liberam compostos químicos responsáveis pelo odor desagradável. Principalmente com sapatos que favorecem ao processo.

Lembrando que o suor é basicamente formado por água e alguns sais, a presença de outros ácidos e substâncias gordurosas e sua degradação como dito, provocam os odores desagradáveis.

O chulé às vezes pode ser percebido à distância e gerar situações desagradáveis como piadas inconvenientes, felizmente é facilmente tratado com algumas medidas comportamentais simples.

Vamos a elas: não usar sapatos de plástico, pois impede a respiração na área, não usar o mesmo sapato dias seguidos, não repetir as meias, mesmo com aspecto de limpas porque podem conter pele morta e bactérias que provocam mau cheiro, guardar sapatos em locais ventilados, lavar bem sapatos e palmilhas e principalmente os tênis, lavar bem e secar bem os pés, utilizar desodorantes e antissépticos ou o talco para os pés (não se lembram do polvilho antisséptico granado que tem mais de 150 anos, desde 1870).  

O chulé acompanhado de outros sintomas com descamação sangramento deve ser visto pelo seu médico dermatologista.

Em resumo, o que cura é a higiene, tanto dos pés como das axilas.

TOMEM BANHO! ÁGUA É UM SANTO REMÈDIO.
Link
Leia Também »
Comentários »