MENU

23/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 23/09/2020 às 00h00min

Bastidores


Será?
As especulações dos adversários sobre uma possível inelegibilidade do ex-prefeito Ildon Marques (PP) só aumentam. Agora já falam até em plano B, caso não seja registrada a candidatura dele. O candidato do grupo passaria a ser o vereador José Carlos (Patriota), tendo como vice o atual companheiro de chapa de Ildon, o empresário Rodrigo Brasmar (PSD). José Carlos teve a pré-candidatura rifada pelo Patriota, que passou a apoiar Ildon. Além disso, não conseguiu ser o vice, perdendo a vaga para Brasmar. Como não quer ser candidato à reeleição, Zé Carlos ficou fora da eleição, da qual participaria apenas como cabo eleitoral. Agora surge a especulação sobre a possibilidade dele ser candidato, isso, claro, havendo a inelegibilidade do ex-prefeito, o que dificilmente acontecerá. É aguardar. 

Registro
O deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) anunciou que já deu entrada na Justiça Eleitoral do pedido de registro da candidatura a prefeito de Imperatriz. A vice Rosi Vicentine (PSB) também. E junto com o registro, o Plano de Governo. Marco Aurélio observou que “durante mais de um ano dialogamos com lideranças e ouvimos a nossa população para formatar um Plano de Governo forte, ousado, participativo e responsável, baseado nas principais necessidades e anseios do povo de Imperatriz”.

Olha aí!
Devido à pandemia de coronavírus, a TV Globo poderá limitar o número de participantes dos debates eleitorais no primeiro turno das eleições. De acordo com a empresa, só será realizado debate nas cidades em que haja acordo entre os partidos no sentido de que somente participem os quatro candidatos melhores colocados na pesquisa do Ibope ou Datafolha. Já há chiadeira em vários lugares. Em São Luís, o pré-candidato do Pros, deputado estadual Yglésio Moyses, disse que se trata de um “grandioso atentado à democracia”. Em Imperatriz, não seria diferente, já que há 11 pré-candidatos e certamente nenhum aceitaria ficar de fora. Aí, sem acordo não haveria debate. 

Dispersados 
Os 21 vereadores da Câmara Municipal de Imperatriz estão divididos entre pelo menos quatro candidatos a prefeito – Assis Ramos (DEM), Sebastião Madeira (PSDB), Ildon Marques (PP) e Marco Aurélio (PCdoB). Pelo menos seis estão com Assis – Paulinho Lobão, Alberto Souza, Fátima Avelino, Chiquim da Diferro, Antonio Pimentel e João Silva. Os outros 15 estão divididos entre os três. 

No páreo
A disputa pela prefeitura de Estreito não se resume apenas ao grupo do prefeito Cicin e o de Verbena Macedo/Leo Cunha. Filho daquela cidade, o servidor público federal Jachson Pereira (PRTB) também disputará a eleição. Ele é filho do ex-prefeito José Lopes Pereira (Zeca Pereira), que exerceu o mandato entre 2005 e 2008.

Desmentindo
A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria de Saúde, divulgou nota em que nega a existência  de caso de reinfecção por Covid-19 na cidade. Surgiram especulações nas redes sociais de que um funcionário do Hospital Municipal foi reinfectado. A Secretaria informa que o caso não foi confirmado. Ainda na nota a SES observa que na semana passada uma servidora da UPA Estadual, com teste positivo em 26 de maio, voltou a apresentar sintomas após a recuperação. Mas o caso foi descartado como reinfecção após exame de biologia molecular, que faz a identificação do RNA do novo coronavírus. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...