MENU

19/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 19/09/2020 às 00h00min

Bastidores

 
 

Alvo
Adversários do pré-candidato Ildon Marques (PP) estão explorando uma lista liberada pelo Tribunal Superior Eleitoral com nomes de políticos supostamente inelegíveis em 2020. Espalham que o ex-prefeito não pode ser candidato, numa tentativa de desanimar os seus eleitores. Campanha eleitoral é guerra, e estão aproveitando o fato para fazer o jogo. Mas tem pelo menos um lado que não deseja Ildon Marques fora da disputa. É o lado do prefeito Assis Ramos (DEM). Entende que Ildon no páreo prejudica mais os outros candidatos, especialmente Sebastião Madeira (PSDB). Fora da disputa, seus votos poderiam ir, na maioria, para Madeira, Marco Aurélio ou mesmo Daniel Fiim. É isso que já vem se falando há tempo. Quanto mais candidato, melhor para Assis Ramos. E hoje, conforme foram homologados em convenções, há 11 pré-candidatos a prefeito. Eram 14, mas três estão fora – José Carlos Barros, Laércio Castro e Rodrigo Brasmar, que é vice de Ildon.  

E…
O governador Flávio Dino (PCdoB) não participará da campanha em Imperatriz, porque o seu grupo tem dois pré-candidatos, Ildon Marques e Marco Aurélio. Mas na hipótese de Ildon sair da disputa, Flávio Dino viria “montar barraca” em Imperatriz durante a campanha. É questão de honra  do governo conquistar a prefeitura este ano, pois perdeu em 2016 tendo como candidata a odontóloga Rosângela Curado.  

Olha aí!
O que está havendo que dois ex-auxiliares do prefeito Assis Ramos abandonaram o barco? O ex-secretário de Governo, Marlon Moura, é pré-candidato a vereador e teria se aliado ao pré-candidato Sebastião Madeira. O seu partido, PMN, fez aliança com o PSDB, inclusive indicando o vice, o atual vice-prefeito Alex Rocha. Também o ex-procurador geral do Município, Rodrigo do Carmo, está rompido com Assis Ramos. Recentemente lançou uma nota esclarecendo o seu afastamento do grupo do prefeito. Ele desistiu de ser candidato a vereador.     

Perdeu
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) não acatou uma representação contra o prefeito Assis Ramos (DEM). O PT pedia a retirada dos vídeos do prefeito mostrando as ações da prefeitura. O TRE entendeu que não existe ilegalidade nas postagens.

Cadê?
No final do mês termina o prazo dado pelo governo do Estado para o pagamento do IPVA. Depois, certamente começará a fiscalização nas ruas. Só que tem proprietário de carro que já está com um mês que fez o pagamento e nunca recebeu o comprovante. O governo precisa ver isso, para que os cidadãos não passem vexame em blitz policial.

Suspensão
Decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspende a eficácia de lei aprovada pela Assembleia Legislativa do Maranhão, suspendendo, por 90 dias, o pagamento de contratos de crédito consignado de servidores públicos estaduais e municipais e de empregados públicos e privados em decorrência da pandemia da Covid-19. O pedido de liminar foi feito pela Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif). O Plenário do STF analisará o mérito da questão.

Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...