MENU

18/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 18/09/2020 às 00h00min

Linha de Fundo


Fora
Com o empate entre Sampaio e Juventude em 1 a 1, na partida de volta da semifinal, resultado que sacramentou a classificação boliviana para a final do Campeonato Maranhense 2020, o Imperatriz está fora da Copa do Brasil e Copa do Nordeste de 2021. Com isso, o clube perdeu na pior das hipóteses, R$ 1.200.000,00, cotas iniciais das duas competições. Isso deixou o torcedor frustrado, haja visto que nos últimos anos o Cavalo de Aço disputou essas competições. Esse ano, por ter sido campeão maranhense em 2019, foi o único representante do Maranhão na Copa do Nordeste. Foi muito mal, e sequer passou da primeira fase. 

Ano que vem
No ano que vem, o Imperatriz vai disputar o Campeonato Maranhense e a uma das séries, B, C ou D. Na atual conjuntura, lanterna do grupo A do Brasileirão Série C, sem querer ser pessimista, o time está mais para Serie D em 2020. Deus queira que isso não ocorra. Mas para que essa situação não venha acontecer é necessário que arrumem o time, porque do jeito que está, o caminho vai ser esse. 

Críticas
Muita gente teceu críticas ao Sampaio, que colocou um time alternativa na partida de volta da semifinal, dando chance para o Juventude. Isso porque nova vitória do Sampaio, a vaga da Copa do Brasil de 2021 ficaria com o Imperatriz. Eu penso diferente, o Imperatriz é que deveria ter feito a sua parte e não fez. Portanto, não adianta ficar atacando o Sampaio porque jogou com reservas, porque isso é normal e o Imperatriz faria o mesmo. 

Terror dos cariocas
O terror dos cariocas, o Atlético de Goiás, aprontou mais uma. Quando não marca contra o adversário, ele marca contra si mesmo. Foi com gol contra que o Fluminense venceu a primeira partida da quarta fase da Copa do Brasil 2020. O Atlético de Goiás é o terror dos cariocas, porque venceu o Flamengo, Vasco, empatou com Botafogo e Fluminense e só perdeu com gol contra. Realmente dá muito trabalho aos adversários. Mas o Fluminense fez um jogo horrível, jogou muito mal e deu sorte em vencer com gol contra.

Covid-19
Os árbitros brasileiros Anderson Daronco, Fabricio Vilarinho, Rafael Alves e Bruno Arleu testaram positivo para o covid-19. Eles trabalhariam na partida de ontem pela Libertadores, entre Racing (Argentina) e Nacional (Uruguai). A informação foi divulgada pela Conmebol. Eles testaram positivo dia 13 de setembro e estão assintomáticos. Agora cumprirão isolamento de 14 dias, seguindo o protocolo sanitário da Argentina.

CURTINHAS
Sampaio e Moto voltam a disputar uma final do Campeonato Maranhense, depois de 12 anos***A última tinha sido em 2008 e o Moto venceu os dois jogos e ficou com o título***Antes as disputas pelo Campeonato Maranhense entre os dois clubes, foram por turnos e returnos***Com o empate, na partida de volta da decisão da semifinal, o Juventude chegou a 13 pontos, superou o Imperatriz, que chegou à final do estadual com 12 pontos e vai disputar a Copa do Brasil de 2021 e vai embolsar inicialmente R$ 600 mil***Ouvi muita conversa bonita de dirigentes e jogadores do Imperatriz, em programa da Mirante (95.1), mas quero ver na prática***E não adianta zanga pelas críticas, porque os 6 a 1 ainda estão atravessados na garganta de todos nós***Ainda bem que admitiram as falhas e prometeram vitória na próxima segunda-feira, sobre o Vila Nova, em Goiânia***Estamos de olho.
Link
DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA é responsável pelas editorias de Polícia e Esportes

Relacionadas »
Comentários »
Loading...