MENU

29/03/2022 às 00h00min - Atualizada em 29/03/2022 às 00h00min

Bastidores

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por, praticamente, todos os setores do jornal. - [email protected]

Horário eleitoral 

A divisão do tempo da propaganda eleitoral gratuita para as Eleições Gerais de outubro somente será definida no segundo semestre, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará audiência pública com representantes dos partidos políticos, das federações e das emissoras de rádio e televisão para debater a elaboração do chamado plano de mídia. É esse documento que definirá o tempo do horário eleitoral gratuito dos candidatos a presidente da República no pleito de 2022. A audiência será conduzida pelo presidente da Corte e relator das instruções do pleito deste ano, ministro Edson Fachin, e os participantes poderão apresentar sugestões acerca do tema. Na ocasião, também será realizado sorteio para a escolha da ordem de veiculação da propaganda em rede de cada partido político, federação ou coligação para o primeiro dia do horário eleitoral gratuito. A convocação para a audiência pública é determinada pelo artigo 52 da Lei das Eleições. O dispositivo prevê que, a partir de 15 de agosto do ano da eleição, a Justiça Eleitoral deve convocar as legendas partidárias, as federações e a representação das emissoras de rádio e de televisão para elaborar, até cinco dias antes da data de início da propaganda eleitoral, plano de mídia para uso da parcela do horário eleitoral gratuito a que tenham direito, sendo garantida a todos a participação nas horas de maior e de menor audiência. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV relativa ao primeiro turno das Eleições 2022 será veiculada de 26 de agosto a 29 de setembro. Em caso de segundo turno, a transmissão ocorrerá de 7 a 28 de outubro.

Pré-candidato

O Coronel PM Antonio Markus anunciou a sua pré-candidatura a deputados estadual. Na semana passada ele pediu exoneração do cargo de Subcomandante Geral da Polícia Militar, passando para a reserva remunerada após 30 anos de trabalho na corporação. “Vamos continuar nossa luta por dias melhores em nossa instituição”, disse Markus ao gravar um vídeo de agradecimentos. Ele não adiantou por qual partido vai disputar uma das 42 cadeiras da Assembleia Legislativa.

Filiações 

No final de semana, o PTB fez um ato de filiação em Imperatriz, com a presença do deputado federal JP, representando a Executiva estadual. Várias filiações foram feitas, entre as quais do cantor Amaddo Edilson, o Pastor Daniel Vieira e o médico Elias Holanda. Na região, o PTB tem dois pré-candidatos a deputado federal. Além do deputado Josivaldo JP, terá o deputado estadual Pastor Cavalcante. Para o Senado, tem o Pastor Bel e, para o governo, o prefeito Lahésio Bonfim, de São Pedro dos Crentes. 

No MDB

Com seis mandatos exercidos, o ex-deputado estadual Carlos Braide se filiou ao MDB, conforme foi anunciado pelo ex-senador João Alberto de Souza. Pai do prefeito de São Luís, Eduardo Braide, ele foi presidente da Assembleia Legislativa e secretário de Estado. Não foi revelado se Braide vai disputar as eleições 2022, mas ele já anunciou que apoiará a reeleição do deputado federal João Marcelo. Ontem, o prefeito Eduardo anunciou que está deixando o PODEMOS, “por falta de transparência da direção nacional”.

De volta 

O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), resolveu retomar a pré-campanha ao governo do estado com visitas aos municípios. No final de semana ele esteve na região Tocantina, e uma das cidades visitadas foi Porto Franco, onde recebeu o apoio do médico Nelson Horácio, ex-prefeito daquele município. 

Baixa

Na semana passada anunciou-se uma possível federação envolvendo o PCdoB, PV e PT. A federação deve ter abrangência nacional, diferente do regime de coligações, que têm alcance estadual e podem variar de um estado para outro. Com essa possibilidade de união, o deputado estadual César Pires já caiu fora do PV. Neste domingo, 27, ele comunicou a sua desfiliação e pode ingressar no PSD, comandando no estado pelo deputado federal Edilázio Júnior, e que tem Edivaldo Holanda Júnior como pré-candidato a governador.
Link
Tags »
Leia Também »
Comentários »