MENU

15/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 15/09/2020 às 00h00min

Linha de Fundo

Jogos de Hoje


Copa Libertadores - fase de grupos – 3ª rodada
19h15 – Colo Colo x Peñarol – Monumental Santiago
19h15 – Jorge Wilstermann x Atheltico-PR – Felix Caprile
21h30 – Binacional x LDU – Nacional de Lima
21h30 – Santos x Olímpia – Vila Belmiro

Vexame
O que estão fazendo com o Cavalo de Aço? Essa é a pergunta que não quer calar, e que todos nós queremos uma resposta. Esse vexame de ter sido goleado pelo Paysandu por 6 a 1, foi a gota d´água da tolerância, pelo menos da nossa parte. Não podemos admitir mais, que forasteiros cheguem para bagunçar um clube de tantas tradições como é a Sociedade Imperatriz de Desportos (SID). Não podemos aceitar, que um monte de pernas de pau cheguem do sul, ou qual seja a região, para achincalhar esse manto sagrado que é a camisa alvi-rubra do Imperatriz, que merece respeito. Nossa tolerância com as mazelas que estão acontecendo no Imperatriz agora é zero.

Culpa
A culpa é da diretoria, que para se livrar dos gastos que um time profissional requer, entregou a direção de futebol a desconhecidos. E aí, entram o Conselho Deliberativo e os Conselheiros, que concordaram com essa molecagem que estão fazendo com o Cavalo de Aço. Quando essa diretoria assumiu o time, já sabia que teria de gastar. Quem não pode com o pote, não pegue na rodilha, como diz o adágio popular. Se não podiam, não assumissem o clube. Jamais, em todos esses anos que milito como cronista esportivo, se viu notícia do Imperatriz perder por 6 a 1, nem mesmo para times como Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, entre outros grandes, que já pisaram o gramado do Frei Epifânio. 

Resposta
Todos nós queremos uma resposta para essa situação, principalmente da diretoria, Conselho Deliberativo e dos Conselheiros, que concordaram com essa bagunça que virou o Cavalo de Aço. Não podemos mais ficar só balançando a cabeça como labigó, concordando com as mazelas que estão acontecendo com o mais querido. Já chega, queremos uma resposta positiva, vamos acabar com essa pouca vergonha. 

Nome a zelar
O Imperatriz tem um nome a zelar. Não chegou ao patamar onde se encontra a toa, passou por todas as etapas, várias foram as dificuldades e agora que é um clube conhecido no futebol brasileiro, de repente aparece gente querendo acabar com tudo. Evidente que a atual diretoria tem os seus méritos, um vice-campeonato, um campeonato e o acesso à Série C, tem de ser reconhecido isso. Entretanto, mudou o foco quando se enveredou no mundo da política, e entregou o time nas mãos do primeiro que apareceu. O Bragantino, para que o Red Bull assumisse, teve uma negociação de mais de um ano. O Imperatriz não demorou 24 horas. O primeiro que apareceu, assumiu a gestão do futebol e aí está a situação.

Queremos time
Não sei se querendo manter as aparências, contrataram um treinador de ponta, Estevam Soares, que demonstrou toda sua decepção ao ver o time ser goleado pelo Paysandu, que não é lá essa coisa toda, por 6 a 1. Certamente ele esperava mais do time, pelos nomes como o goleiro Henal, Jocinei, entre outros, que já passaram por grandes clubes do Brasil. O próprio Estevam Soares também tem um nome a zelar e não veio para cá para passar vexame. Vai pedir providências. Na verdade, queremos um time, não uma caricatura como esse, que está aí.

CURTINHAS
Quando Paulinho Kobayashi saiu, deixou um time montadinho, muito embora jogadores do naipe de um Renan Dutra, não tenha retornado depois da liberação do futebol***Aí dispensaram praticamente todos os titulares***Destes, só ficaram o zagueiro Henrique Matos, o lateral esquerdo Lorran, o volante Nonato, o goleiro Jairo Lourençon e o atacante Cesinha***Trouxeram um monte de pernas de pau e a situação é essa, o time amanheceu segunda-feira na lanterna do grupo A, com apenas 1 ponto em quatro jogos***Desmontaram um time bom e montaram um amontoado de jogadores, que se providências não forem tomadas, o futuro do Imperatriz é a volta a série D***Alguma coisa precisa ser feita antes que o caldo entorne de vez***E não tem outro culpado por essa situação, que é totalmente da diretoria, que com o que fez, está desfazendo de tudo que plantou no Imperatriz***Um vice (2018), um campeonato (2019), acesso a Série C (2018)***Além de participação na Copa do Brasil e Copa do Nordeste, nesses dois anos seguidos.

Link
DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA é responsável pelas editorias de Polícia e Esportes

Relacionadas »
Comentários »
Loading...