MENU

10/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 10/09/2020 às 00h00min

Linha de Fundo


Em Belém
O técnico Estevam Soares não veio para Imperatriz nesta quarta-feira, como foi informado inicialmente. O treinador viaja direto para Belém do Pará, onde se encontrará e será apresentado aos jogadores que viajarão para o jogo contra o Paysandu, marcado para o próximo sábado (12), às 19h, na Curuzu. Na capital marajoara, o Imperatriz fará o apronto final para o jogo, já sob o comando de Estevam Soares. 

Auxiliar técnico
O auxiliar técnico de Estevam Soares, Lucas Matheus, já se encontra em Imperatriz e comandou treino do Cavalo de Aço, na terça e ontem. Lucas Matheus trabalhou no Santos, entre 2014 e 2019, como analista de desempenho. Até vir para o Imperatriz, juntamente com Estevam Soares, prestava serviços ao Oeste. Com a chegada de Lucas Matheus, o então auxiliar técnico Jairo Nascimento, foi desligado do Imperatriz. 

Que Deus ajude
Não vamos jamais discutir o currículo do professor Estevam Soares, que dispensa maiores comentários, tendo em vista que já passou por grandes clubes do futebol brasileiro. Mas antes de ser contratado pelo Imperatriz, estava com a função de coordenador técnico do Oeste. Só para lembrar, que o time de Barueri foi rebaixado para a Série A 2, do Campeonato Paulista e é atualmente o lanterna do Brasileirão Série B. Que Deus ajude o Imperatriz. 

Reforços
Certamente Estevam Soares vai ver o time, sentir a condição de cada atleta que atualmente compõe o plantel do Cavalo de Aço, para depois pedir reforços. Evidente que deverá trazer alguns jogadores conhecidos dele, aqueles de sua confiança, como é feito por todos os treinadores. Vai ser disputada a 6ª rodada da primeira fase do Brasileirão Série C, e ainda tem muita água para passar por debaixo da ponte. O Imperatriz ainda tem muita chance de reverter a atual situação de vice-lanterna do grupo A.

Jogo duro
Quem pensou que o São José seria presa fácil para o Moto, se enganou. O Zequinha jogou de igual por igual com o Papão e deixou a vaga ainda em aberto e salve-se quem puder no jogo de volta, marcado para a próxima segunda-feira, novamente no Nhozinho Santos. Deixaram o Peixe Pedra de praticamente rebaixado chegar, agora aguentem as consequências. O Imperatriz foi o culpado. Teve chance de estar disputando a semifinal, mas deixou escapar em pleno Frei Epifânio, na cobrança de pênaltis.

CURTINHAS
No tópico acima “Que Deus nos ajude”, não estou espalhando pessimismo, mas apenas lembrando da situação***Espero que depois não me deem razão***O Imperatriz viajou no fim da tarde de ontem para Belém, onde joga sábado contra o Paysandu, na sequência do Campeonato Brasileiro Série C***Treina hoje e amanhã, em local ainda a ser definido***Depois de jogar contra o Paysandu, o Imperatriz fará outro jogo fora de casa***Contra o Vila Nova de Goiás, dia 19***O time só volta jogar no Frei Epifânio dia 26 de setembro, contra o Ferroviário do Ceará***O Paysandu é o atual campeão paraense***Conquistou o título em disputa com o seu maior rival, o Remo, que tem um treinador que costuma reclamar do gramado onde joga, para abafar o péssimo trabalho que ele vem fazendo no Leão Paraense***Criticou o estado do gramado do Frei Epifânio, porque empatou com o Imperatriz***Na verdade, perdeu, porque segundo os entendidos o gol de Ramon foi legal e o árbitro invalidou marcando falta.
Link
DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA é responsável pelas editorias de Polícia e Esportes

Relacionadas »
Comentários »
Loading...